Autor Tópico: Fórmula 1 2010  (Lida 4594 vezes)

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Fórmula 1 2010
« em: 10 de Março de 2010, 22:32 pm »
O Campeonato do Mundo de Fórmula 1 tem início este domingo (14 de Março), no circuito de Shakir, no Bahrein.

Os novos regulamentos aprovados pela FIA - Federação Internacional do Automóvel implicam a ausência de reabastecimentos. Os monolugares avançam para a grelha de partida com os depósitos atestados. As paragens nas boxes vão servir apenas para troca de pneus. Os carros vão assim perdendo peso ao longo da corrida, o que obriga os engenheiros de pista a afinar o monolugar para mais 160 kg no arranque, terminando-a com menos de 10 kg com implicações directas na estratégia e na dinâmica do f1.

O destaque principal e o centro de todas as atenções entre os pilotos é o regresso do "reformado" Michael Schumacher. Após três anos de ausência, abandona os quadros da Ferrari onde era consultor para conduzir um Mercedes, equipa que substituiu a campeã Brawn GP.

O Campeão do Mundo de 2009, Jenson Button, rumou à McLaren onde vai fazer equipa com outro Campeão do Mundo: Lewis Hamilton. A Ferrari contratou Fernando Alonso, e depois de meia época de ausência, está também de regresso Felipe Massa, depois do acidente na qualificação do GP da Hungria de 2009.

O regresso da Lotus e as estreias da Virgin e da espanhola HRT são aguardados pelos fãs do pelotão mais rápido do mundo com natural expectativa.

Os "rookies" de 2010 são Nico Hulkenberg (Williams), Vitaly Petrov (Renault), Karun Chandhok (HRT), Bruno Senna (HRT) e Lucas di Grassi (Virgin).

Horários do Grande Prémio do Bahrein:
Os treinos livres estão previstos a partir de sexta-feira de manhã, 7h00 em Portugal, a qualificação está agendada para sábado, pelas 8h00 portuguesas, enquanto a corrida está confirmada para domingo, pelas 12h00 de Portugal Continental.

A Renault vai alinhar com Robert Kubica e Vitaly Petrov, irá também continuar a forneces motores para a Red Bull

E agora  1 video.

« Última modificação: 10 de Março de 2010, 22:34 pm por Rui_N »
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Pinhal Novo - Portugal
  • Mensagens: 5145
  • Fotografo da treta!!!
    • MTPhotography
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: Fórmula 1 2010
« Responder #1 em: 05 de Abril de 2010, 18:27 pm »
Acho piada como e que a equipa oficial da Renault safa-se pior que a subsidiaria que compra os motores (a Red Bull)... Aprendam em vez de se porem a inventar...

Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Pinhal Novo - Portugal
  • Mensagens: 5145
  • Fotografo da treta!!!
    • MTPhotography
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: Fórmula 1 2010
« Responder #2 em: 15 de Novembro de 2010, 10:11 am »
Citar
Afinal quem tinha razão era Christian Horner ao não permitir que Sebastian Vettel e Mark Webber trocassem de posições no GP do Brasil. Se o tivesse permitido, e os resultados fossem exatamente os mesmos de hoje em Abu Dhabi, nem um nem outro piloto da Red Bull seria campeão.

Sebastian Vettel é campeão do Mundo de F1


Mas teve toda a razão, e Sebastian Vettel correspondeu da melhor forma ao vencer a corrida de hoje, beneficiando de um conjunto de resultados que quase ninguém esperava para se sagrar Campeão do Mundo de Fórmula 1. Depois do azar do GP da Coreia, o piloto alemão reverteu a situação a seu favor, numa corrida em que Alonso passou quase meia corrida atrás de...Vitaly Petrov.

Lewis Hamilton foi Segundo, na frente de Jenson Button. Nico Rosberg foi quarto enquanto Robert Kubica ficou classificado logo a seguir, na frente do seu colega de equipa Vitaly Petrov e...Fernando Alonso. Basicamente, a Ferrari precipitou-se ao mandar o espanhol às boxes pouco depois de Mark Webber, numa marcação 'cerrada', ficando à mercê de todos os pilotos que escolheram as táticas adequadas, com Vettel a sagrar-se o mais jovem Campeão do Mundo de sempre...

Lei de Murphy para Alonso

Na corrida, Vettel liderou praticamente toda a distância desta, mas foi o que se passou atrás que decidiu as contas do título. O ex-líder do campeonato, Alonso apenas precisava de ser quarto para assegurar o campeonato, mesmo com Vettel a vencer, mas as suas esperanças ficaram praticamente arruinadas quando se viu, impotente, atrás do Renault de Vitaly Petrov, que aproveitou para ir às boxes aquando da entrada do safety-car em pista, beneficiando mais tarde dessa situação, o mesmo sucedendo com Nico Rosberg e Robert Kubica, que fizeram o mesmo que o russo, enquanto Alonso e Webber se marcavam mutuamente.

Aliás, foi neste detalhe que a Ferrari falhou completamente, pois ao ter medo que a estratégia de Webber resultasse, cometeram um erro fatal, pois se é verdade que Webber ficou atrás de Alonso, na frente do espanhol ficaram pilotos que em condições normais nem sequer eram para ali chamados...

E tudo foi despoletado precisamente pela ida muito cedo às boxes por parte de Webber, depois de ter batido numa parede com a roda traseira esquerda do seu RB6.

Como resultado, Alonso ficou preso atrás de Petrov, e para chegar à posição que precisava, tinha ainda pela frente, Kubica e Rosberg. Nem o russo conseguiu passar. Lá na frente, e para wque se perceba bem o erro da Ferrari, Button, que estava na frente de Alonso na fase inicial da corrida, foi terceiro sem grandes problemas, 20 segundos segundos na frente de Rosberg.

In AutoSport.

Parabens ao Sebastian, conseguiu contrariar as ma linguas de muitos ditos "colunistas" de renome que indicavam como novo de mais para ser campeão. Parabens a Red Bull por ter um dos melhores chassis do campeonado, que combinado com o Motor Renault conseguiram ganhar a marcas muito mais prestigiantes como a Ferrari e Mercedes. Já agora parabens a Renault F1 Team, que conseguiu terminar em 5º no mundial de construtores bem como os seus dois pilotos que terminaram nesta prova em 5º e 6º, sendo que o Petrov foi uma dor de cabeça para o Alonso apos a troca de Pneus do mesmo, defendendo o 6º lugar com unhas e dentes.

Citar
Classificação

1.  Vettel        Red Bull-Renault           1h39m36.837s
2.  Hamilton      McLaren-Mercedes           a 10.1s
3.  Button        McLaren-Mercedes           a 11.0s
4.  Rosberg       Mercedes                   a 30.7s
5.  Kubica        Renault                    a 39.0s
6.  Petrov        Renault                    a 43.5s
7.  Alonso        Ferrari                    a 43.7s
8.  Webber        Red Bull-Renault           a 44.2s
9.  Alguersuari   Toro Rosso-Ferrari         a 50.2s
10.  Massa         Ferrari                    a 50.8s
11.  Heidfeld      Sauber-Ferrari             a 51.5s
12.  Barrichello   Williams-Cosworth          a 57.6s
13.  Sutil         Force India-Mercedes       a 58.3s
14.  Kobayashi     Sauber-Ferrari             a 59.5s
15.  Buemi         Toro Rosso-Ferrari         a 1m03.1s
16.  Hulkenberg    Williams-Cosworth          a 1m04.7s
17.  Kovalainen    Lotus-Cosworth             a 1 volta
18.  Di Grassi     Virgin-Cosworth            a 2 voltas
19.  Senna         HRT-Cosworth               a 2 voltas
20.  Klien         HRT-Cosworth               a 2 voltas
21.  Trulli        Lotus-Cosworth             a 4 voltas

Abandonos

Glock         Virgin-Cosworth              44
Schumacher    Mercedes                     1
Liuzzi        Force India-Mercedes         1

Classificação


1.  Vettel       256
2.  Alonso       252
3.  Webber       242
4.  Hamilton     240
5.  Button       214
6.  Massa        144
7.  Rosberg      142
8.  Kubica       136
9.  Schumacher    72
10.  Barrichello   47     
11.  Sutil         47     
12.  Kobayashi     32     
13.  Petrov        27     
14.  Hulkenberg    22     
15.  Liuzzi        21     
16.  Buemi          8     
17.  De la Rosa     6     
18.  Heidfeld       6     
19.  Alguersuari    5     


1.  Red Bull-Renault          498
2.  McLaren-Mercedes          454
3.  Ferrari                   396
4.  Mercedes                  214
5.  Renault                   163
6.  Williams-Cosworth          69
7.  Force India-Mercedes       68
8.  Sauber-Ferrari             44
9.  Toro Rosso-Ferrari         13
« Última modificação: 15 de Novembro de 2010, 10:30 am por Black Phoenix »

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: Fórmula 1 2010
« Responder #3 em: 15 de Novembro de 2010, 12:46 pm »
Então aqui vai o meu comentário ao mundial de Fórmula 1 - 2010
Em 1º lugar e para que não existam dúvidas, o meu piloto preferido é o Fernando Alonso. Tenho também simpatia por alguns dos outros, incluindo o novo campeão.
O único que me provoca alguma azia é o alemão Miguel Sapateiro, que apesar de ser um grande piloto, várias atitudes que tomou ao longo da sua carreira não abonam muito a seu favor.
Melhor chassis foi nitidamente o Red Bull e por larga margem.
Motor Renault, pode não ser o mais potente (aqui o campeão é o Mercedes), mas é de longe o mais fiável.
Muitos dos abandonos ou problemas da equipa campeã deveram-se sobretudo á concepção do chassis (o Adrian Newey é o maior), maximizando a eficiência aerodinâmica em deterimento do resto.
Sebastien Vettel é um justo vencedor e superiorizou-se ao colega Mark Webber por principalmente ter uma velocidade ligeiramente acima deste. De qualquer forma um grande campeonato de Webber, apesar de já pertencer ao clube dos veteranos.

Melhores pilotos foram para mim Alonso, Hamilton e Kubica.
Alonso por conseguir levar um chasso, que não era nem bom nem mau, ao 2º lugar entre os pilotos e a longuissima distância de Felipe Massa (que segundo o próprio quase nunca conseguiu ter os pneu a funcionar convenientemente).
Hamilton por razões mais ou menos idênticas ás de Alonso, apesar de ter um motor bem mais potente, o chassis adaptou-se melhor quando os circuitos tinham grandes rectas.
Kubica foi grande. Depois de um ano para esqucer pela Renault (péssimas prestações e escândalos), o polaco deu nova vida á equipa. O chassis melhorou bastante e Kubica teve algumas excelentes exibições (ao contrário de Petrov, espero que melhore em 2011).
Uma menção ainda para o anterior campeão, Jenson Button. Piloto muito consistente (ainda conseguiu 2 vitórias), mas com falta de ritmo para aguentar os outros pilotos da frente. Acho que é acima de tudo um Gentleman Driver.

Desilusões:
Mercedes. Equipa que resultou da mudança de nome da campeã de 2009 (Brawn GP). Com os meios que tem á disposição pedia-se mais. Regresso de Michael Schumacher muito, mas mesmo muito aquem das espectativas. Safou-se o Rosberg com algumas corridas em bom plano.

Williams. É triste ver ao ponto a que uma equipa como esta chegou. De campeã de pilotos e construtores várias vezes a equipa que anda no meio do pelotão. No entanto palmas para o velhinho Rubens Barrichello, que ainda sabe fazer algumas boas corridas. Hulkenberg só no final da época mostrou algo.

Force India: Esperava mais este ano, depois de algumas excelentes exibições em 2009.

Toro Rosso: O facto de o chassis já não ter origem na Red Bull, pesou muito este ano.

Virgin Racing: Nunca esperei grande coisa destes tipos, para mais com um carro projectado exclusivamente em computador e que nunca viu um túnel de vento.

HRT: Que dizer de uma equipa que a volta mais rápida que conseguia em treinos para a grelha de partida, nem sequer daria para partir da pole da corrida de GP2 que ocorria durante o programa de alguns grandes pémios.

Num lugar áparte falo de Sauber e Lotus.
Sauber: Depois do abandono repentino da BMW, Peter Sauber resgatou a sua antiga equipa. O início do ano foi complicado, mas já conseguiam andar consistentemente no 2º pelotão a meio do ano. Referência especial para o Japonês Kamui Kobayashi. Este é provávelmente o melhor japuna a chegar á fórmula 1. Faz ultrapassagens onde os outros não conseguem e a desculpa que dá é que trava mais tarde que os restantes. Gostava de ver este piloto numa equipa de top.

Lotus: Das 3 novas equipas foi de longe a melhor e mais consistente. Pode dar o salto em frente em 2011, com motor Renault e transmissões da Red Bull.

Para o ano há mais.
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: Fórmula 1 2010
« Responder #4 em: 06 de Dezembro de 2010, 15:54 pm »
Para quem gosta aqui ficam os "highlights" dos GP de 2010

Bahrain GP 2010 highlights [HD]


Formula 1 2010 Australian Grand Prix Highlights Race Edit [HD]


2010 Formula 1 Malaysian GP The Race Highlights


Formula 1 China Grand Prix 2010 [Highlights]


Formula 1 Spain GP 2010 Highlights

« Última modificação: 06 de Dezembro de 2010, 15:57 pm por Rui_N »
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: Fórmula 1 2010
« Responder #5 em: 06 de Dezembro de 2010, 15:55 pm »
Formula 1 2010 Monaco Grand Prix Highlights Race Edit [HD]


Formula 1 2010 Turkish Grand Prix Highlights Race Edit [HD]


Formula 1 Canada 2010 Grand Prix [Highlights]


Formula 1 2010 TELEFONICA Grand Prix of Europe Highlights Race Edit [HD]


Formula 1 2010 SANTANDER British Grand Prix Highlights Race Edit [HD]

A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: Fórmula 1 2010
« Responder #6 em: 06 de Dezembro de 2010, 15:56 pm »
Formula 1 2010 German GP Highlights Race Edit HD


Formula 1 Hungary GP 2010 Highlights


Formula 1 2010 Belgian Grand Prix Highlights Race Edit [HD]


Formula 1 2010 Italian Grand Prix Highlights Race Edit


Formula 1 2010 Singapore Grand Prix Highlights Race Edit [HD]

A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: Fórmula 1 2010
« Responder #7 em: 06 de Dezembro de 2010, 15:56 pm »
Formula 1 2010 Japanese Grand Prix Highlights Race Edit [HD]


Formula 1 2010 Korea Grand Prix Highlights Race Edit [HD].


Formula 1 2010 Brazil Grand Prix Highlights Race Edit HD


Formula 1 2010 Abu Dhabi Grand Prix Race Edit Highlights [HD]
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Pinhal Novo - Portugal
  • Mensagens: 5145
  • Fotografo da treta!!!
    • MTPhotography
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: Fórmula 1 2010
« Responder #8 em: 07 de Dezembro de 2010, 01:34 am »
Muito bom, e deu para ver umas quantas coisas:

 - A instabilidade dos carros a chuva, ainda mais aquando de um começo de pista molhada e com o set de pneus errados;
 - Singapura por um segundo ano e provavelmente um dos meus circuitos favoritos, a par com Suzuka e Silverstone;
 - O numero de ultrapassagens realizadas, principalmente em aceleração e na travagem.

Como não tive hipotese de ver todas as corridas, deu para basicamente actualizar-me do que lia apos a corrida.

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: Fórmula 1 2010
« Responder #9 em: 07 de Dezembro de 2010, 08:34 am »
Não gosto do circuito de singapura. Pontos de ultrapassagem é mentira e a pista não é nada de especial. Salva-se o ambiente nocturno. A Silverstone e Suzuka (a curva 130R é para pilotos com eles bem no sítio), junto também SPA e Monza.
Houve no entanto algumas corridas, que exceptuando algumas ultrapassagens, foram autênticas procissões.
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: Fórmula 1 2010
« Responder #10 em: 09 de Dezembro de 2010, 16:43 pm »
A Fórmula 1 2010 em números

Quando se olha para as estatísticas da Fórmula 1, daí resultam sempre um lote bastante interessantes de curiosidades, que, todas misturadas, ajudam a explicar um pouco melhor a razão pela qual tudo termina de determinada forma. O campeão foi Sébastian Vettel, que alicerçou a sua vantagem no facto de ter sido o piloto que mais vezes venceu (ex-aequo com Alonso), que mais voltas liderou e mais pole-position alcançou. É claro que o Mundial não se resume a números, mas a verdade é que explicam muita coisa...
 Por exemplo, basta olhar para divisão de vitórias nos 19 Grandes Prémios, sendo que o Campeão, Sebastian Vettel, obteve cinco vitórias, as mesmas de Fernando Alonso, embora o alemão tenha conseguido três delas, nas últimas quatro corridas (e só não venceu outra, na Coreia, devido ao motor partido no seu Red Bull). Para além destes dois pilotos, só outros três venceram Grandes Prémios. Mark Webber, quatro, Lewis Hamilton, três e Jenson Button, dois cada.


Vettel foi quem liderou mais voltas

Mas há mais. Analisando mais profundamente, chegamos à conclusão que Sebastian Vettel liderou 34% das 1129 voltas que compuseram o Mundial de 2010. O piloto que mais perto teve foi Mark Webber, que liderou 28% das voltas, enquanto Jenson Button foi o terceiro, com 13%. Um dado curioso: Fernando Alonso, que esteve muito perto de se sagrar campeão, só liderou 11% das voltas (menos 23% que Vettel), enquanto Lewis Hamilton esteve na frente um pouco menos: 9%. De resto, só andaram na liderança, para além dos já referidos, Felipe Massa (4%), Nico Rosberg (1%) e curiosamente, Sébastien Buemi, uma única volta. No cômputo geral das equipas a Red Bull 'esmagou': 62% do total na frente, contra os 22% da McLaren, 15% da Ferrari, 1% da Mercedes e a 'tal' volta da Toro Rosso.


Super Vettel nas qualificações

Das pole-position quase nem vale a pena falar: Vettel obteve 10, o que equivale a 53%, bem na frente de Mark Webber que obteve 5 (26%), enquanto Fernando Alonso quedou-se pelas duas (11%), restando a Lewis Hamilton e ao surpreendente Nico Hulkenberg, no Brasil, as duas restantes. Nas equipas, a Red Bull averbou desta forma 79% das pole position, a Ferrari 11%, e a McLaren e Williams, uma cada, que equivale a 5%.


Alonso o melhor nas voltas mais rápidas

Nas voltas mais rápidas, os mais fortes foram Fernando Alonso e Lewis Hamilton, com 5, (26%). Webber e Vettel, três cada (16%) sendo que Vitaly Petrov, Robert Kubica e Jenson Button, uma vez cada. Nas equipas, foi mais equilibrado, com a Red Bull e a McLaren a repartirem a dose maior, com seis cada (32%) enquanto a Ferrari teve menos uma (26%), restando à Renault as outras duas (10%).


Ferrari foi a mais fiável

Um dos itens mais importantes, pois esteve bem perto de ser decisivo no campeonato foi a fiabilidade e aí, a Ferrari foi mais forte, já que os seus dois monolugares completaram 97% do total de voltas do Mundial. A Red Bull ficou um pouco atrás com 93% (aquele motor partido de Vettel ia estragando tudo) enquanto a Mercedes teve os seus monolugares a andar em 91% das voltas, mais um por cento que a McLaren (90%). A pior de todas foi a Sauber, com 67%, que conseguiu fazer pior que a virgin (70%), HRT (73%),  Lotus (77%) Force-India (81%), Renault e toro rosso (85%) e finalmente a Williams (86%).
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh: