Autor Tópico: F1 - 2017  (Lida 28081 vezes)

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: F1 - 2017
« Responder #75 em: 26 de Março de 2017, 22:01 pm »
Depois passo por aqui para deixar uma posta "mais grande".
Mas ainda bem que a Ferrari está na luta. Mas no ano passado neste GP, só por um erro de estratégia perderam a corrida e o resto do ano foi o que se viu. Espero que continuem no topo.
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Pedrob

  • Initiale Paris
  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Sintra
  • Mensagens: 5671
Re: F1 - 2017
« Responder #76 em: 26 de Março de 2017, 23:32 pm »
O vettel este ano até parece outro, vamos ver.... 2 semanas pro GP da China.

Mclaren na m**** :(
Clio III 1.5 dCI 85 Dynamique Luxe

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: F1 - 2017
« Responder #77 em: 27 de Março de 2017, 22:28 pm »
Então cá vai.
Sobre os carros, acho que de aspecto estão muito melhores. O alargamento de 1,8m para 2m resulta visualmente bem, os pneus mais largos idem e o aileron traseiro mais largo e baixo. Só o aileron frontal é que continua a dar o aspecto de corta relvas ou limpa neves. A barbatana de tubarão que todos usam é fatela e neste grupo incluo ainda aquela mini asa na extremidade traseira da shark coisa. Nota-se que os carros tornam-se mais empenhativos e ao mesmo tempo mais divertidos para os pilotos. Acho que nenhum teceu palavras contra os carros. O problema vão ser as ultrapassagens. Com tanta aerodinâmica, circular perto do carro da frente é complicado, quanto mais ultrapassar. Basta ver o exemplo do Hamilton que em pouco tempo chegou à traseira do Verstappen e depois por lá ficou até o holandês ir trocar de pneus. Disse ele que era impossível ultrapassar o puto.

Sinal mais para Ferrari e quase isso para a Mercedes. Vamos ver a resposta dos alemães na China num circuito convencional, mas continuo a achar que os taxis ainda vão dominar isto de novo. A Red Bull está logo a seguir a estes 2 e a partir daqui começa o fosso para o resto. Entre estas 3 equipas e o resto, está a Williams. Massa rodou sozinho quase toda a corrida. Depois parece que temos um ligeiro ascendente (no conjunto) da Toro Rosso sobre Force India, Renault e Haas. Sauber e McLaren nitidamente atrás, apesar do Alonso ter feito uma grande corrida até ao abandono por problemas na suspensão. Afinal parece que os problemas não são todos da Honda.
O Magnussen deveria ter levado uma penalização, pois aquela cacetada que deu no Ericsson foi mesmo estúpida. Há mais deste calibre mas o dinamarquês é daqueles que nunca me convenceu.

Circulam boca que dizem que a McLaren pode passar a ser fornecida pela Mercedes. O motores seriam os que esavam reservados para a Manor. Como a equipa faliu. ficaram disponíveis.  Duvido muito disto, pois a Honda contribui e muito para o orçamento da McLaren. Fala-se em 100 milhões ano e não estou a ver a Mclaren a abdicar disto, uma vez que o carro quase não tem patrocínios. No meio desta polémica toda, ainda os boatos de que o Alonso está a ficar sem paciência e que pode abandonar a equipa a meio da época, "obrigando" assim o Button a regressar.

A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Pedrob

  • Initiale Paris
  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Sintra
  • Mensagens: 5671
Re: F1 - 2017
« Responder #78 em: 28 de Março de 2017, 16:41 pm »
Também estou a seguir esta novela atentamente, pobre Mclaren.... Não estou a ver saída fácil disto.
Pode ser que daqui a 2 meses o novo motor Honda seja um pouco melhor.....  Ou pior
Clio III 1.5 dCI 85 Dynamique Luxe

Offline pjrcampos

  • Initiale Paris
  • 1.6 DCi
  • *
  • Localidade: Gondomar
  • Mensagens: 1120
  • Garagem : Laguna Break1.5dci 2011/ClioIV 1.5dci/Uno turbo ie
Re: F1 - 2017
« Responder #79 em: 29 de Março de 2017, 09:09 am »
Isso é o que já ouço desde o ano passado... Vamos lançar uma nova versão, e agora é que é!... E vai-se a ver, e nada... Pobre Alonso...

Gostei da corrida. Mas muito poucas ultrapassagens... Acho que nesse aspecto os novos carros vão ser menos espectaculares... Gostei mesmo da luta dada pela Ferrari à Mercedes. Mas temo que seja sol de pouca dura. Espero mesmo que não. Pena mesmo é a Red Bull estar tão longe... Não me parece mesmo que tenham carro à altura...

Offline profiesta

  • João Neves
  • Initiale Paris
  • 1.6 TCe
  • *
  • Localidade: Wolfsburg
  • Mensagens: 1657
  • Low profile
Re: F1 - 2017
« Responder #80 em: 08 de Abril de 2017, 19:18 pm »
Entretanto na China...


Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: F1 - 2017
« Responder #81 em: 09 de Abril de 2017, 21:48 pm »
Vi essa imagem numa qualquer gravação.
O gajo que meteu essa legenda é um verdadeiro artista. :laugh: :laugh:

Adiante, hoje foi assim:

Citação de: AutoSport
GP China F1: Vitória fácil de Lewis Hamilton




Lewis Hamilton obteve na China uma vitória fácil, já que depois de partir na frente, aproveitou bem o facto de, atrás de si, as coisas se terem desenrolado duma forma caótica. Sebastien Vettel foi segundo, minimizando desta forma as perdas, pois o que lhe aconteceu na fase inicial da corrida, determinou o seu ‘destino’. O piloto da Ferrari aproveitou o Safety Car Virtual resultante da saída de pista de Lance Stroll, que foi ‘empurrado’ por Sergio Pérez, mas pouco depois o Safety Car entrou em pista, e no meio de toda a confusão o alemão foi um dos ‘perdedores’, pois caiu de segundo para sexto. Aquele Safety Car não veio nada a calhar para o piloto da Ferrari. Com isso, Hamilton foi-se afastando e construiu a margem que precisava para nunca ser incomodado durante toda a corrida.

Houve quem tivesse tido muita sorte, por exemplo Max Verstappen, que partiu de 17º e à 11ª volta já era segundo classificado. Muita sorte e muito bom andamento. O jovem holandês foi terceiro depois duma excelente batalha com o seu colega de equipa, Daniel Ricciardo, pelo último lugar do pódio, com os dois Red Bull e terminarem a corrida bem juntos. Kimi Raikkonen foi quarto depois duma corrida em que se queixou de falta de potência à saída de algumas curvas no seu Ferrari. Teve muito tempo o seu companheiro de equipa, Vettel, atrás de si, mas o alemão realizou uma fantástica ultrapassagem, e depois do passar, afastou-se.

Valtteri Bottas foi sexto e um dos grandes prejudicados do que aconteceu na fase inicial da corrida, já que caiu de segundo para 12º com a ida às boxes na entrada do Safety Car.

No início da corrida só o Toro Rosso de Carlos Sainz e o Renault de Jolyon Palmer arrancaram com slicks, Hamilton partiu bem, mas a fase inicial da corrida foi totalmente caótica nas primeiras voltas, com um conjunto de incidentes que provocou primeiro um Safety Car Virtual, a que se seguiu, pouco depois a entrada do Sfety Car em pista. Tudo porque, em primeiro lugar, Sergio Pérez deu um toque na traseira do Williams de Lance Stroll levando-o a sair de pista e a abandonar. Pouco depois foi a vez de Antonio Giovinazzi bater, despistando-se quando rodava… a direito na reta. Com isto tudo e com as idas às boxes para troca dos pneus intermédios com que quase todo o plantel iniciou a corrida, a classificação ficou muito ‘misturada’ face à grelha inicial. Vettel e Bottas perderam alguma coisa, Verstappen passou de 17º para 3º, e mais tarde para segundo…

Após a partida Hamilton aguentou Vettel atrás de si, Raikkonen uma posição para Ricciardo, Carlos Sainz arrancou de slicks e despistou-se na primeira curva, Stroll abandonou, Giovinazzi despistou-se, os carros tiveram que passar pelo pitlane. A corrida recomeçou cinco voltas depois, com Lewis Hamilton na frente de Daniel Ricciardo com… Max Verstappen em 3º (partiu de 17º) e os Ferrari logo a seguir. Carlos Sainz que se despistou na segunda curva, era…sexto, na frente de Fernando Alonso.

Quando a corrida recomeçou, todos os pilotos já estavam de slicks, com Ricciardo a ser na altura o segundo classificado atrás de Hamilton. Verstappen passou Raikkonen e ficaram dois Red Bull atrás do Mercedes. Vettel passou Raikkonen, passou a aproximar-se de Verstappen, que bloqueou rodas e foi passado. nessa altura, Hamilton tinha sete segundos na frente de Vettel, e as coisas não mudaram muito até final. A luta pelo terceiro lugar entre os dois Red Bull foi muito interessante, Kimi Raikkonen foi quinto na frente do também azarado Valtteri Bottas, que, verdade seja dita, nunca teve andamento para muito mais.

Carlos Sainz foi um magnífico sétimo classificado ele que se despistou..na segunda curva porque arrancou com slicks. Aproveitou os Safety Car, Virtual e ‘real’, e desde aí foi sempre a ‘somar’. Kevin Magnussen foi oitavo com o Haas-Ferrari e realizou das melhores corridas que lhe vimos em muito tempo. Sergio Pérez e Esteban Ocon completaram o top 10, um bom resultado de conjunto para a Force India. A luta no meio do pelotão foi novamente muito animada e neste momento a Toro Rosso é quarta classificada no Mundial de Construtores na frente da Force India, Williams e Haas.

Recordamos que o  AutoSport vai abrir uma nova rubrica de interação com os seus leitores e para isso pedimos-lhe que faça os seus comentários e análise sobre o Grande Prémio da China de Fórmula 1, sendo que as melhores serão publicadas no jornal. Se preferir, pode ainda fazê-lo via e-mail para autosport@autosport.pt

Classificação

1. Lewis Hamilton GBR Mercedes – Mercedes 56 voltas
2. Sebastian Vettel GER Ferrari – Ferrari +6.250s
3. Max Verstappen NED Red Bull – TAG +45.552s
4. Daniel Ricciardo AUS Red Bull – TAG +46.987s
5. Kimi Raikkonen FIN Ferrari – Ferrari +48.076s

6. Valtteri Bottas FIN Mercedes – Mercedes +48.808s
7. Carlos Sainz ESP Toro Rosso-Renault +1m 11.115
8. Kevin Magnussen DEN Haas-Ferrari +1 volta
9. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes +1 volta
10. Esteban Ocon FRA Force India-Mercedes +1 volta

11. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari +1 volta
12. Nico Hulkenberg GER Renault – Renault +1 volta
13. Jolyon Palmer GBR Renault – Renault +1 volta
14. Felipe Massa BRA Williams – Mercedes +1 volta
15. Marcus Ericsson SWE Sauber – Ferrari +1 voltas

Abandonos

16. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda 34 voltas
17. Daniil Kvyat RUS Toro Rosso-Renault 18 voltas
18. Stoffel Vandoorne BEL McLaren-Honda 16 voltas
19. Antonio Giovinazzi ITA Sauber – Ferrari 2 voltas
20. Lance Stroll CAN Williams – Mercedes 0 voltas

Assim de repente e em jeito de comentário de um gajo que viu isto à tarde e sem saber o resultado.
Tive pena que não chovesse, que assim de certez que o GP seria muito mais movimentado.
Apesar de tudo não foi mau. Mercedes e Ferrari claramente destacadas do resto, com a Red Bull lá perto. E comparando as 3 equipas, os touros austríacos têm mesmo a melhor dupla do plantel. Na Mercedes dá para concluir que o Hamilton continua um piloto com P grande, assim como o Vettel na Ferrari. Bottas está a ser uma pequena desilusão (para já), o que vem a provar que o Rosberg não era tão mau como muitos pintavam, pois muitas vezes deu luta ao rapper. O Raikkonen também está em baixa e neste momento já deve andar a pensar na reforma.
O resto do pelotão anda muito junto, mas aqui temos que retirar os Sauber, que com a ausência da Manor são os que andam menos. Palmas para o Sainz que conseguiu ser o melhor dos outros e o unico a arrancar para a corrida com pneus de seco. O Magnussen surpreendeu-me pela positiva, apesar de não achar que seja grande espingarda, depois os Force India em mais um bom resultado de conjunto.

Para o final a McLaren e Renault. No caso dos Ingleses, o Alonso ainda chegou a rodar 6º, mas o carro não vale mesmo nada. É que não é só o motor Honda a ser fraco, pois na Austrália há 2 semanas foi um problema de suspensão e agora um semi-eixo a lixarem o espanhol, que continua a fazer milagres num chasso. Ou a coisa melhora ou 2018 parte para outra equipa. Na Renault, depois do bom desempenho do Hulkenberg na qualificação, foi um somar de barracas dele e erros de estratégia da equipa.

Para a semana é o GP do Bahrein.

p.s. hoje o Tiago Monteiro ganhou a corrida principal do WTCC em Marrocos e é lider do campeonato. Alvaro Parente ganhou a prova de Long Beach do Pirelli World Challenge ao volante de um McLaren. Miguel Oliveira depois de conseguir a 1ª pole da carreira em Moto2, ficou hoje em segundo sendo esta a 1ª ida ao pódio e ainda estamos na 2ª prova do campeonato. :smiley:
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline pjrcampos

  • Initiale Paris
  • 1.6 DCi
  • *
  • Localidade: Gondomar
  • Mensagens: 1120
  • Garagem : Laguna Break1.5dci 2011/ClioIV 1.5dci/Uno turbo ie
Re: F1 - 2017
« Responder #82 em: 10 de Abril de 2017, 09:00 am »
A mim parece-me que as alterações introduzidas este ano resultaram numa grande treta... Pouco me interessa que os carros sejam 3 segundos por volta mais rápidos. Tornou-se quase impossivel ultrapassar outra vez!... E isso mata o espectáculo... Na minha humilde opinião.
Dificil de perceber a Ferrari... Com o Raikkonen com menos andamento que o Vettel... Para mais a queixar-se de falta de potência... E fica a bloquear o Vettel voltas sem fim... Enfim... Dificil de compreender.
No resumo anterior esqueceram-se foi de dizer que o Bottas foi um dos principais prejudicados pelo safety car, mas porque se despistou quando saiu com slicks... :)

Incrivel, de facto, os resultados dos pilotos portugueses... Continuo a achar que se fala pouco deles... O feito do Miguel Oliveira é impressionante! Espero que o Tiago Monteiro seja para manter. De qualquer forma, parabens aos dois, que bem merecem. O Alvaro Parente é, na minha opinião, mais um dos muito talentosos mas injustiçados pilotos portugueses, por falta de apoios...

Offline Lipe

  • Moderadores
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Oeiras
  • Mensagens: 13329
  • Let's do this!
  • Garagem : Seat, Yamaha, Nissan, Seat, Volvo
Re: F1 - 2017
« Responder #83 em: 12 de Abril de 2017, 09:02 am »
look mom, no hands :D

! No longer available
« Última modificação: 12 de Abril de 2017, 22:41 pm por Tony da Buzina »

Offline pjrcampos

  • Initiale Paris
  • 1.6 DCi
  • *
  • Localidade: Gondomar
  • Mensagens: 1120
  • Garagem : Laguna Break1.5dci 2011/ClioIV 1.5dci/Uno turbo ie
Re: F1 - 2017
« Responder #84 em: 12 de Abril de 2017, 14:39 pm »
E dizem que é dificil conduzir um F1...  :lipsrsealed:

Offline MaNeL

  • Initiale Paris
  • 1.6 DCi Bi-Turbo
  • *
  • Localidade: Viana do Castelo
  • Mensagens: 2657
  • Garagem : Clio E7F 94 - Clio mk3 dci 70cv - Laguna 2.0dci 07
Re: F1 - 2017
« Responder #85 em: 14 de Abril de 2017, 14:21 pm »
o miguel oliveira só conseguiu a volta mais rápida da prova, e sendo ele estreante em moto2, com um moto estreante em moto 2 andar sempre a rolar perto das Kalex que são de longe as motos mais rápidas. mas o que interessa é que o busto do CR7 é feio pa crl... :laugh:

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: F1 - 2017
« Responder #86 em: 16 de Abril de 2017, 22:20 pm »
MaNeL, o Miguel Oliveira não é estreante no Moto2. No ano passado ele correu com a Leopard Racing, tendo conseguido bater o colega de equipa que lhe tinha ganho o título de Moto3 em 2015. A Leopard era uma bela bosta de mota...

Adiante, hoje correu-se o GP do Bahrein:

Citação de: AutoSport
GP Bahrein F1: 44ª de Sebastian Vettel



Sebastian Vettel assegurou no Bahrein a sua 44ª vitória de Grandes Prémios de Fórmula 1, com um triunfo alicerçado no facto de ter sido muito agressivo na fase inicial da corrida, e com isso passado para a frente da corrida, e depois ter feito boas escolhas nos momentos decisivos da corrida, terminando na frente de Lewis Hamilton que se pode queixar somente de si próprio, pois foi penalizado em cinco segundos por ter bloqueado Daniel Ricciardo à entrada das boxes, numa altura em que o Mercedes do seu colega de equipas estava nas boxes. Sem necessidade nenhuma do fazer – acabou por sair na mesma atrás de Daniel Ricciardo – prejudicou-se e esses cinco segundos fizeram toda a diferença no final da corrida, com o inglês a terminar a 6.6s segundos de Vettel. Sem a penalização, a história poderia ter sido outra.

Para Vettel, segunda vitória em três corridas, e a certeza que a Ferrari está em condições de fazer jogo igual com a Mercedes, ainda que tenha ficado evidente que em qualificação os Mercedes estão mais rápidos. Valtteri Bottas terminou na terceira posição, regressando desta forma ao pódio depois da ‘ausência’ na China fruto do erro que cometeu, terminando na frente de Kimi Raikkonen, que repete o quarto lugar da Austrália.

A vitória de Vettel foi fruto duma grande agressividade após a partida, com o alemão a conseguir passar Lewis Hamilton no arranque, mantendo-se depois bem perto de Valtteri Bottas durante algum tempo. Pouco depois, a Mercedes voltou a ser surpreendida pela estratégia da Ferrari, que ‘mandou’ Vettel às boxes mais cedo que o previsto, tendo depois um pouco de sorte com a entrada do safety car em pista, devido ao acidente de Carlos Sainz, que bateu em Lance Stroll, na curva 1.

Com isso, Vettel ficou na frente da corrida, com Bottas em segundo, enquanto Hamilton caiu para quarto, atrás de Daniel Ricciardo, que o passou nas boxes. Um pouco antes deu-se um dos momentos decisivos da corrida, porque com Bottas a trocar de pneus, Hamilton desacelerou demasiado na entrada do pitlane, e bloqueou Ricciardo, sendo penalizado posteriormente em cinco segundos devido a essa situação. Vettel perdeu a liderança para Hamilton quando foi às boxes, mas depois Hamilton teve que cumprir a penalização e a 15 voltas do fim, Vettel ficou com uma confortável liderança face a Bottas. Hamilton ainda passou Bottas, que facilitou imenso a manobra, ainda se aproximou de Vettel, mas tudo estava controlado por parte do alemão da Ferrari. Desta forma, Vettel tem agora sete pontos de avanço para Hamilton no campeonato.

Arrancando da pole pela primeira vez na sua carreira na F1, Bottas aproveitou para liderar algumas voltas, até à já referida opção sortuda da Ferrari, que mandou Vettel às boxes um pouco antes do safety car e com toda a gente a fazer o mesmo pouco depois, o alemão ficou na frente da corrida, especialmente porque Bottas demorou mais do que devia. Verstappen desistiu pouco depois com um problema nos travões fly by wire, traseiros, naquele que é o seu primeiro abandono do ano. Kimi Raikkonen foi quarto a 22.475 do seu companheiro de equipa, terminando bem na frente de um solitário Daniel Ricciardo.

Felipe Massa foi sexto, um resultado que não chegou para que a Williams passasse a Force India nos Construtores, até porque Sergio Pérez ficou logo atrás. Romain Grosjean foi oitavo na frente de Nico Hulkenberg com Esteban Ocon a terminar nos pontos pela terceira corrida consecutiva. O regressado Pascal Wehrlein terminou em 11º na frente de Daniil Kvyat. Jolyon Palmer e um zangado Fernando Alonso encerraram a lista de pilotos classificados.

Classificação
1. Sebastian Vettel GER Ferrari – Ferrari 57 voltas
2. Lewis Hamilton GBR Mercedes – Mercedes +6.660ss
3. Valtteri Bottas FIN Mercedes – Mercedes +20.397s
4. Kimi Raikkonen FIN Ferrari – Ferrari +22.475s
5. Daniel Ricciardo AUS Red Bull – TAG +39.346s
6. Felipe Massa BRA Williams – Mercedes +54.326s
7. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes +1m 02.606s
8. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari +1m 14.865s
9. Nico Hulkenberg GER Renault – Renault +1m 20.188s
10. Esteban Ocon FRA Force India-Mercedes +1m 22.252s
11. Pascal Wehrlein GER Sauber – Ferrari +1 volta
12. Daniil Kvyat RUS Toro Rosso-Renault +1 volta
13. Jolyon Palmer GBR Renault – Renault +1 volta
14. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda +3 voltas
Abandonos
15. Marcus Ericsson SWE Sauber – Ferrari 50 voltas
16. Carlos Sainz ESP Toro Rosso-Renault 12 voltas
17. Lance Stroll CAN Williams – Mercedes 12 voltas
18. Max Verstappen NED Red Bull – TAG 11 voltas
19. Kevin Magnussen DEN Haas-Ferrari 8 voltas
20. Stoffel Vandoorne BEL McLaren-Honda 0 voltas

Bem, parece que temos campeonato, mas se pensam que o Bottas terá alguma hipótese, é melhor esquecer. Hoje viu-se que ele é mesmo o 2º piloto quando a equipa lhe disse para deixar passar o Hamilton.
Muito bem o Vettel a dominar como gosta, mesmo tendo alguma sorte com a entrada do safety car. Mas isto também faz parte da corrida e há uma semana foi o contrário.
Hamilton a borrar a pintura com aquele bloqueio parvo ao Ricciardo. No final ainda tentou recuperar mas a diferença para Vettel era demasiada. E mesmo que chegasse à traseira dele, iria ser muito difícil ultrapassar.
O Raikkonen é a exemplo do Bottas claramente o 2º piloto e dali não deve sair. Ricciardo a ficar depois e com avanço em relação ao Massa, que parece estar ali no meio entre os 3 grandes (Ferrari, Mercedes e Red Bull) e o resto do pelotão. Para um reformado até está a dar boa conta de si. Perez, Grojean e Ocon nos pontos e Hulkenberg a dar os primeiros pontos à Renault. O carro parece rápido em qualificação mas em corrida perde-se um bocado.
De resto, Wehrlein de regresso e a cilindrar o Ericsson, Palmer sem ritmo, Sainz a meter água na saída das boxes, a levar o Stroll à frente e a ter uma penalização para o próximo GP. Sobre a McLaren, depois do anuncio que vão até às 500 milhas de Indianápolis com o Alonso, este GP foi mais do mesmo. Vandoorne nem arrancou e o Alonso ainda expremeu o carro até onde foi possível, chegou a andar nos pontos, mas a algumas voltas do fim lá houve mais um problema de motor...
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline pjrcampos

  • Initiale Paris
  • 1.6 DCi
  • *
  • Localidade: Gondomar
  • Mensagens: 1120
  • Garagem : Laguna Break1.5dci 2011/ClioIV 1.5dci/Uno turbo ie
Re: F1 - 2017
« Responder #87 em: 17 de Abril de 2017, 08:46 am »
Bela corrida, sim senhor...
De facto, os Renault parecem mesmo no caminho certo. A ver se a evolução é para manter. Seria bom que assim fosse.
Nesta corrida, para mim, o melhor piloto foi claramente o Alonso... Incrivel o que ele consegue fazer com aquele carro. Fez ultrapassagens memoráveis, e literalmente envergonhou aqueles com quem estava a lutar. E não consigo deixar de fazer sempre a amesma pergunta a mim próprio: que raio anda ali a fazer o Kvyat, e como é possivel que tenha ficado com o lugar do Felix da Costa...  :huh:
O Hamilton está claramente em baixo de forma. Penso que deu a coisa como garantida demasiado cedo. Excelente corrida do Vettel, sem dúvida.
Acabou por ser um grande prémio interessante. é bom que a Ferrari se mantenha assim, para apimentar o campeonato...
Venha a próxima!... :)

Offline Blurr

  • 1.6 DCi Bi-Turbo
  • *
  • Localidade: Ponta Delgada
  • Mensagens: 2826
  • Garagem:Clio 2 1.2 RT 98 + Clio 2 1.5dci 80cv 2004
Re: F1 - 2017
« Responder #88 em: 17 de Abril de 2017, 19:41 pm »
Há uma coisa que não percebo nos Mclaren.. Aquela porcaria está toda marada este ano e até estão a fazer um motor novo. Porque raio não enfiam o motor do ano passado? Sempre era mais fiavel...

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: F1 - 2017
« Responder #89 em: 17 de Abril de 2017, 21:43 pm »
Se calhar era tão diferente que nem serve no chassis de 2017.
Desta vez ao que parece, os problemas deveram-se à temperatura mais alta que danificou irremediavelmente os rolamentos da MGU-K. Se o novo motor que estão a preparar não resolver isto tudo, acho que mais vale meterem a viola no saco. Vergonhoso mesmo.
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh: