Autor T√≥pico: F1 2011  (Lida 81830 vezes)

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: F1 2011
« Responder #90 em: 08 de Abril de 2011, 14:26 pm »
O GP da Malásia é este fim de semana.

Mas mudando um pouco de assunto, vejam esta publicidade da Mercedes.

'Decision' - New Mercedes TV spot with Nico Rosberg, Michael Schumacher and pregnant woman
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Timoteo

  • 1.6 TCe
  • *
  • Localidade: Olh√£o
  • Utilizador: culatreu
  • Mensagens: 2339
  • J√° ultrapassou a barreira dos 20.000
  • Garagem : Megane III Sport Tourer GtLine
Re: F1 2011
« Responder #91 em: 08 de Abril de 2011, 15:33 pm »
 :laugh: :laugh: :laugh:  ainda a crian√ßa nasce antes da pole position

Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Shenzhen - Mainland China
  • Mensagens: 5146
  • Fotografo da treta!!!
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Sebastian Vettel vence pela segunda vez consecutiva
« Responder #92 em: 11 de Abril de 2011, 14:45 pm »
Sebastian Vettel vence pela segunda vez consecutiva



Citação de: Autosport

"Apesar do calor consegui manter a cabeça fria" foi desta forma que Sebastian Vettel resumiu à sua equipa o que lhe ia na alma no final do GP da Malásia, prova que venceu, novamente com algum à vontade, ainda que a diferença final para Jenson Button (McLaren) segundo classificado se tenha quedado pelos 3.2 segundos, já que o piloto alemão, mesmo sem a ajuda do KERS, teve sempre a corrida perfeitamente controlada, e sabia que Button, atrás de si, não 'tinha' pneus para fazer muito mais.

Jenson Button foi segundo, realizando uma corrida como ele gosta. Poupando pneus, foi vendo os seus adversários serem bastante mais irregulares, mantendo-se na perseguição do líder até ao final da corrida, mesmo com a sua boxe a avisá-lo que iria prolongar a vida expectável dos seus pneus.

Nick Heidfeld reagiu, Ferrari desiludiu

Nick Heidfeld deu à Renault o seu segundo pódio em outras tantas corridas, com o piloto alemão a conseguir suster atrás de si Mark Webber. Os Ferrari foram apenas quinto e sexto classificado, com Felipe Massa na frente de Fernando Alonso. Foi notória a falta de ritmo dos monolugares italianos face aos seus principais adversários, e quando a isso se junta problemas nas boxes (Massa) e toque em adversário que resultou numa asa dianteira partida (Alonso a Hamilton), pouco mais há a fazer.

Quando Heidfeld perdeu o segundo lugar após a primeira passagem pelas boxes, e deixou o caminho aberto aos McLaren na perseguição a Vettel, a margem do líder caiu para quatro segundos, e os problemas do alemão tornaram-se ainda maiores quando a sua equipa p informou que passou a não ter KERS. Curiosamente, nesta fase, Vettel conseguiu aumentar a sua margem para o segundo classificado e colocou-a nos oito segundos.

Quem emergiu na segunda fase da corrida foi Jenson Button, e depois de Fernando Alonso e Lewis Hamilton terem andado pelo Segundo lugar, ap√≥s mais uma passagem pelas boxes foi o Campe√£o do Mundo de 2009 que se apoderou da posi√ß√£o que n√£o mais largou at√© final, apesar de nunca ter, verdadeiramente tido condi√ß√Ķes para pressionar o l√≠der.

Hamilton come√ßou a ter problemas com os pneus do seu McLaren, Alonso aproximou-se, mas ...demais j√° que tocou com a asa traseira do seu 150¬ļ no pneu traseiro direito do McLaren de Hamilton, com o espanhol a ter de rumar √†s boxes para colocar nova asa dianteira. Hamilton foi apanhado por Heidfeld, que o passou facilmente. Hamilton teve uma ligeira sa√≠da de pista e foi passado por Webber que depressa se colocou na traseira do Renault de Heidfeld, pressionando-o at√© final, sem sucesso. Vettel manteve Button a uma dist√Ęncia control√°vel e venceu a corrida.

Petrov voltou a fazer das suas, naquela que foi a mais impressionante imagem deste Grande Prémio, pois ao sair mal duma curva, o russo foi à relva e ao tentar reentrar em pista, entrou num buraco e com a velocidade que levava levantou voo um bo metro acima do chão, batendo violentamente no chão da pista, ficando o russo ocm o volante na mão e sem hipóteses de continuar.

Kobayashi foi oitavo com uma estrat√©gia de apenas duas paragens, provando que os sauber s√£o muito gentis com os pneus, o que lhes pode dar bons frutos este ano. Michael Schumacher foi nono, muito longe dos lugares da frente, na frente de Paul di Resta (force India), que pontua pela segunda vez consecutiva, apenas no seu segundo Grande Pr√©mio. Nico Rosberg esteve bastante apagado e terminou em 12¬ļ. Os dois Williams abandonaram, o mesmo sucedendo com Sergio Perez (Sauber) que foi surpreendido por detritos na pista.

Classificação

 1.  Vettel        Red Bull-Renault           1h37:39.832
 2.  Button        McLaren-Mercedes           +     3.261
 3.  Heidfeld      Renault                    +    25.075
 4.  Webber        Red Bull-Renault           +    26.384
 5.  Massa         Ferrari                    +    36.958
 6.  Alonso        Ferrari                    +    37.248
 7.  Hamilton      McLaren-Mercedes           +    49.957
 8.  Kobayashi     Sauber-Ferrari             +  1:07.239
 9.  Schumacher    Mercedes                   +  1:24.896
10.  Di Resta      Force India-Mercedes       +  1:31.563
11.  Sutil         Force India-Mercedes       +  1:45.000
12.  Rosberg       Mercedes                   +     1 Volta
13.  Buemi         Toro Rosso-Ferrari         +     1 Volta
14.  Alguersuari   Toro Rosso-Ferrari         +     1 Volta
15.  Kovalainen    Lotus-Renault              +     1 Volta
16.  Glock         Virgin-Cosworth            +    2 Voltas
17.  Petrov        Renault                    +    4 Voltas

volta mais r√°pida: Webber, 1:40.571

Abandonos

Liuzzi        HRT-Cosworth                 47¬™ volta
D'Ambrosio    Virgin-Cosworth              43¬™ volta
Trulli        Lotus-Renault                32¬™ volta
Perez         Sauber-Ferrari               24¬™ volta
Barrichello   Williams-Cosworth            23¬™ volta
Karthikeyan   HRT-Cosworth                 15¬™ volta
Maldonado     Williams-Cosworth            9¬™ volta

Campeonatos               

Pilotos

1.  Vettel        50
2.  Button        26 
3.  Hamilton      24 
4.  Webber        22 
5.  Alonso        20 
6.  Petrov        15 
7.  Heidfeld      15 
8.  Massa         12 
9.  Kobayashi      8       
10.  Perez          6       
11.  Schumacher     2       
12.  Buemi          1       
13.  Di Resta       1       

Construtores

1.  Red Bull-Renault           72
2.  McLaren-Mercedes           50
3.  Ferrari                    32
4.  Renault                    30
5.  Sauber-Ferrari             14
6.  Mercedes                    2
7.  Toro Rosso-Ferrari          1
8.  Force India-Mercedes        1


Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: F1 2011
« Responder #93 em: 11 de Abril de 2011, 15:01 pm »
Ou bem que a Ferrari reage, ou é mais um campeonato para a treta.
Mercedes, simplesmente deplor√°vel para o dinheiro e estrutura que possuem.
McLaren anda perto mas ainda falta qualquer coisa para chegarem aos Red Bull (no caso o Vettel, porque o Webber parece que anda a colecionar pequenos problemas).
Renault logo a seguir. Os gajos fazem é uns arranques canhão. :shocked:
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Shenzhen - Mainland China
  • Mensagens: 5146
  • Fotografo da treta!!!
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: F1 2011
« Responder #94 em: 12 de Abril de 2011, 12:54 pm »
Por que falha a Ferrari?



Citação de: AutoSport

A Ferrari esteve longe da Red Bull em Melbourne e Sepang também não chegou para a McLaren na primeira corrida do ano. O quarto lugar de Alonso em Melbourne e o quinto posto de Felipe Massa em Sepang são maus resultados para a Scuderia, que vai ter enorme dificuldade para recuperar da sua clara desvantagem.

Num ano que deveria ser de vingança pela cruel derrota sofrida no final de 2010, a Ferrari já sabe que vai ter muito que fazer para colocar os seus pilotos no pódio e tentar chegar às vitórias. Com a Red Bull em alta e a McLaren a recuperar de forma sensacional duma péssima pré temporada, a Scuderia arrisca-se mesmo a ter de lutar com a Renault, se a equipa de Enstone confirmar nas próximas corridas o excelente andamento demonstrado por Petrov em Melbourne e Heidfeld na Malásia. Uma perspetiva deprimente para os responsáveis de Maranello, que esperavam lutar pelo título.

Sem ideias originais

O que fica patente nestas duas primeiras vezes em que todas as equipas mostraram o jogo, depois de terem escondido as suas melhores armas nos testes, foi a falta de originalidade do 150¬ļ Italia e a enorme preocupa√ß√£o dos principais respons√°veis t√©cnicos da Scuderia em perceberem como funcionavam os Red Bull e os McLaren. Nicolas Tombazis, o l√≠der aerodin√Ęmico da Ferrari, tentou ver com os seus olhos toda a traseira dos RB7 e dos MP4/26, enquanto mec√Ęnicos da Ferrari, sem uniforme, foram vistos a tirar fotografias dos carros mais competitivos do plantel.

Segundo fontes italianas, boa parte das evolu√ß√Ķes apresentadas nos testes de Barcelona foram a rea√ß√£o da Ferrari ao que j√° tinham visto no Red Bull RB7 e no Renault R31 quando apresentados em Val√™ncia. Se isso for verdade e se a Ferrari estiver apenas a copiar as melhores solu√ß√Ķes que v√™ nos outros, ent√£o a situa√ß√£o √© ainda mais complicada do que pareceu em Melbourne e Sepang, e por isso, dificilmente os carros vermelhos v√£o lutar pelas primeiras posi√ß√Ķes.

Para Gary Anderson, nosso colaborador para a parte t√©cnica da F1, "a falta de sofistica√ß√£o do projeto √© not√≥ria, tanto no tratamento da asa anterior - fundamental para se conseguir o melhor fluxo de ar para o resto do carro - como na sec√ß√£o traseira. Espero que a Ferrari tenha um grande pacote aerodin√Ęmico para apresentar no GP da Turquia, porque se n√£o evoluir rapidamente vai ficar cada vez mais longe da Red Bull e da McLaren."

Pneus foram problema

Segundo nos explicou Felipe Massa, "nunca conseguimos que os Pirelli funcionassem como tinham funcionado nos testes de Barcelona e isso fez-nos perder muita aderência. Temos de perceber o que está a acontecer para remediarmos a situação o mais rapidamente possível, porque se conseguimos tirar o melhor partido dos pneus nos testes também poderemos fazer o mesmo nos Grandes Prémios."

Se n√£o tivemos, naturalmente, acesso aos dados da telemetria da Ferrari, em Melbourne, de forma inesperada, outra das equipas que passou pelos mesmos problemas de pneus convidou-nos a ver parte dos seus dados relativo ao funcionamento dos Pirelli. Estes atingem a sua temperatura ideal de funcionamento entre os 80¬ļ e os 85¬ļ C√©lsius, mas nos dados que nos mostraram, a equipa em quest√£o s√≥ os conseguia fazer chegar a 65¬ļ, o que, segundo as simula√ß√Ķes da Pirelli, implicava uma perda de 1,5s por volta.

Pelo que nos foi dito, a Ferrari tamb√©m ficava a 12/15¬ļ Celsius das temperaturas ideais, o que implicava a perda de um segundo por volta. Por isso √© nesta √°rea que os italianos podem trabalhar de imediato, endurecendo as suspens√Ķes e aumentando o camber, mas tamb√©m alterando a forma de prepara√ß√£o dos pneus antes da sa√≠da para a pista.

Esta ser√° a forma mais r√°pida de minimizar as diferen√ßas para a Red Bull e a McLaren. J√° o melhoramento do projeto do 150¬ļ Italia ser√° muito mais complicado, mas √© da rapidez deste processo que vai depender o sucesso da Scuderia este ano.

Estratégia inflexível

A juntar a isto h√° outro problema na Ferrari que parece tardar em ser resolvido. Enquanto a maioria das equipas adaptaram as suas estrat√©gias √†s circunst√Ęncias, a Ferrari continua a seguir o seu plano √† risca, mostrando incapacidade para reagir aos acontecimentos e essa falta de flexibilidade custoa caro aos italianos.

Simula√ß√Ķes n√£o enganaram

A Ferrari chegou a Melbourne convencida que iria ser entre 0,5s e 0,7s por volta mais lenta que em 2010 na pista australiana, mas atendendo √°s mudan√ßas registadas desde o final do ano passado - proibi√ß√£o do duplo perfil extrator e mudan√ßa da Bridgestone para a Pirelli - atravessou meio mundo, certa de que isso ser√° suficiente para lutar pelas primeiras posi√ß√Ķes na primeira corrida do ano.

Mas o que é certo é que graças a dois novos elementos - utilização da asa móvel traseira em toda a pista durante os treinos e o regresso do KERS - era possível ser tão ou mais rápido que em 2010, o que significa que se a simulação feita em Maranello estava certa, já a capacidade técnica da equipa para tirar o melhor partido dos regulamentos deixa muito a desejar. Também por isso o ambiente entre os italianos é deprimente.

Comparação muito negativa

A melhor forma de se perceber qual o verdadeiro andamento de cada carro consiste em comparar os melhores tempos obtidos ao longo de todo o fim de semana dum Grande Prémio, considerando essa marca como o potencial competitivo de cada monolugar. Por exemplo, na comparação dos melhores tempos obtidos em Melbourne este ano com os conseguidos em 2010, a Ferrari fica mesmo mal na fotografia, só à frente da Williams, Force India, que viram os seus pilotos mais rápidos errarem na qualificação, e da HRT, que fez em Melbourne o shakedown do novo F111. Já a Red Bull e a McLaren estiveram entre as quatro equipas que progrediram do ano passado para 2011, o que ajuda a perceber a vantagem que tiveram para a Scuderia:

Mais r√°pidos
Red Bull  -0,390s;
Sauber -0,342s;
Toro Rosso  -0,244s;
McLaren -0,224s;

Mais lentos
Renault  +0,125s;
Virgin +0,266s;
Lotus  +0,457s;
Mercedes  +0,631s;
Ferrai  +0,863s;
Williams  +1,185s;
Force India  +1,199s; e
HRT  +2,452s.

Por tudo isto, dá para perceber claramente que a Ferrari este ano vai ter de penar muito para se chegar aos lugares da frente, e por isso ninguém estranhe que nas próximas corridas a correlação de forças se mantenha exatamente como foi visto na Malásia. O que pode mudar são as nuances de cada Grande Prémio, como por exemplo a meteorologia, mas para o GP da china, esperam-se muitas nuvens durante o fim de semana, mas nada de chuva.


Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Shenzhen - Mainland China
  • Mensagens: 5146
  • Fotografo da treta!!!
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: F1 2011
« Responder #95 em: 12 de Abril de 2011, 13:06 pm »
Robert Kubica progride mas não há previsão segura para o regresso às pistas



Citação de: Autosport
São sempre positivas as notícias que nos chegam de Pietre Ligure, onde Robert Kubica continua a recuperar do violento acidente sofrido a seis de fevereiro. Dentro de uma semana o polaco espera poder caminhar, pois a fratura na perna direita está quase consolidada, concentrando-se na recuperação do pulso e cotovelo direito. O regresso a casa está previsto para o final deste mês, mas ainda não há uma previsão segura para o seu regresso às pistas.

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: F1 2011
« Responder #96 em: 12 de Abril de 2011, 14:31 pm »
Eu tenho uma explicação mais simples para o fracasso da Ferrari.
Sempre que a gestão da equipa está em mãos italianas, é garantido o barrete...
Quando a gestão está entregue a um cromo não italiano, as coisas até funcionam.
Stefano Domenicale (director de equipa) e Aldo Costa (director técnico), suspeito que já devem ter a cabeça a prémio...
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Shenzhen - Mainland China
  • Mensagens: 5146
  • Fotografo da treta!!!
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: F1 2011
« Responder #97 em: 12 de Abril de 2011, 18:36 pm »
Eu tenho uma explicação mais simples para o fracasso da Ferrari.
Sempre que a gestão da equipa está em mãos italianas, é garantido o barrete...
Quando a gestão está entregue a um cromo não italiano, as coisas até funcionam.
Stefano Domenicale (director de equipa) e Aldo Costa (director técnico), suspeito que já devem ter a cabeça a prémio...

Concordo totalmente.

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: F1 2011
« Responder #98 em: 13 de Abril de 2011, 09:23 am »
Outra equipa onde provavelmente vamos ter um episódio de "rolar cabeças", é a Mercedes.
Tenho alguma pena da HRT e Virgin, mas são equipas que não fazem falta nenhuma. Na volta 16, já havia um HRT dobrado. São 4 chicanes móveis na pista...
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Shenzhen - Mainland China
  • Mensagens: 5146
  • Fotografo da treta!!!
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: F1 2011
« Responder #99 em: 14 de Abril de 2011, 12:00 pm »
A mais longa reta do Mundial de Fórmula 1



Citação de:  Autosport
Para n√£o arrefecer o interesse, O Mundial de F√≥rmula 1 prossegue este fim de semana em Xangai, circuito que tem a mais longa reta do Mundial de F1, o que por uma lado vai servir para comprovar se as novas regras sempre aumentam o n√ļmero de ultrapassagens.

Por outro lado, este vai ser o traçado menos favorável aos Red Bull RB7 pelo que será interessante ver até que ponto os McLaren se podem aproximar dos monolugares de Sébastian Vettel e Mark Webber.

Luta a quatro

Se a quest√£o do espet√°culo vai estar na mente de todos, sobretudo de quem tem por miss√£o promover a F1, para os adeptos vai ser mais importante saber se a Red Bull se mant√©m como a equipa mais r√°pida ou se a impressionante progress√£o da McLaren vai fazer com que o dom√≠nio de Vettel nas qualifica√ß√Ķes acabe j√° em Xangai.

Sem muitas curvas de alta velocidade, sendo mais uma combina√ß√£o de curvas de m√©dia e baixa velocidade com retas mais ou menos longas, Xangai n√£o ser√° t√£o favor√°vel aos RB7 como outros circuitos, mas historicamente os chassis projetados por Adrian Newey d√£o-se bem neste circuito. Vettel fez em 2009 a primeira demonstra√ß√£o do seu enorme talento ao ser o mais r√°pido nas tr√™s sess√Ķes de qualifica√ß√£o, quando s√≥ podia fazer uma volta lan√ßada por sess√£o, contra duas dos seus rivais, devido a um problema de fiabilidade no seu chassis.

Por seu turno, a McLaren est√° a otimizar o pacote aerodin√Ęmico levado '√†s escuras' para Melbourne e j√° ter√° o fundo plano e perfil extrator em fibra de carbono, depois de ter utilizado esses elementos em tit√Ęnio nas duas primeiras corridas da temporada. Por isso, esperamos uma boa luta a quatro na qualifica√ß√£o e na corrida, mesmo se Vettel e Hamilton t√™m de ser considerado os principais favoritos √† vit√≥ria no domingo.


Mercedes aposta forte

Infeliz em Melbourne e atrasada por problemas com o DRS na qualifica√ß√£o da Mal√°sia, a Mercedes j√° deu boas indica√ß√Ķes de poder entrar na luta com a Ferrari e a Renault pelo quinto lugar. Com Schumacher bem mais competitivo do que h√° doze meses, a marca alem√£ tem agora dois pilotos capazes de marcar muitos pontos e quer come√ßar a recuperar a desvantagem para as suas rivais.

A Ferrari, que esteve √† deriva em Sepang e j√° admite ter de rever seriamente o projeto do 150¬ļ Italia, ter√° uma miss√£o complicada na China, at√© porque com Heidfeld em forma a Renault ficou bastante mais forte e quer repetir a presen√ßa no p√≥dio.

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13929
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: F1 2011
« Responder #100 em: 14 de Abril de 2011, 12:27 pm »
Eu tenho uma explicação mais simples para o fracasso da Ferrari.
Sempre que a gestão da equipa está em mãos italianas, é garantido o barrete...
Quando a gestão está entregue a um cromo não italiano, as coisas até funcionam.
Stefano Domenicale (director de equipa) e Aldo Costa (director técnico), suspeito que já devem ter a cabeça a prémio...

O que é que eu disse?
Os gajos ouviram-me... :laugh:

Citar
Stefano Domenicali, Aldo Costa e Pat Fry de 'emergência' em Itália

 Apesar dos Grandes Pr√©mios da Mal√°sia e da China estarem separados apenas por alguns dias, os tr√™s principais respons√°veis da Ferrari, o 'patr√£o' Stefano Domenicali, o diretor t√©cnico Aldo Costa e Pat Fry, voaram para a It√°lia para uma reuni√£o de emerg√™ncia na tentativa de resolver alguns dos problemas relativos √† performance do Ferrari F150¬ļ.

O problema manifesta-se essencialmente na qualifica√ß√£o, pois a presta√ß√£o dos homens da Ferrari em corrida n√£o √© t√£o m√°, mas um segundo, √© a dist√Ęncia que os separa na qualifica√ß√£o dos Red Bull. As duas √°reas primordiais de preocupa√ß√£o em Maranello s√£o a asa dianteira e o difusor, se bem que h√° quem pense que o problema √© bastante mais profundo, embora isso s√≥ seja poss√≠vel provar com o passar das corridas.


In Autosport
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Shenzhen - Mainland China
  • Mensagens: 5146
  • Fotografo da treta!!!
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: F1 2011
« Responder #101 em: 20 de Abril de 2011, 14:53 pm »
Lewis Hamilton vence Grande Prémio da China de F1



Citação de: Autosport

A resposta √† quest√£o "Quem pode bater os Red Bull?" foi dada hoje no Grande Pr√©mio da China com grande classe por parte de Lewis Hamilton, que bateu no 'bra√ßo' Sebastian Vettel, passando-o a de forma espetacular poucas voltas do final duma corrida onde s√≥ se ficaram a conhecer as posi√ß√Ķes finais com a amostragem da bandeira de xadrez, tantas foram as 'lutas' a durar at√© ao fim.

Sebastian Vettel liderou até perto do final, mas desta feita, ao apostar em três paragens nas boxes ao invés das duas, feitas pelos homens da Red Bull, a McLaren foi mais forte e após algumas tentativas, Lewis Hamilton surpreendeu o jovem alemão, mostrando que com carros de performance semelhante vamos ter muita animação até ao final do campeonato entre estes dois pilotos.

Se a Red Bull foi batida na luta pela vit√≥ria j√° a corrida de Mark Webber foi √† "campe√£o", j√° que ap√≥s partir dos √ļltimos lugares da grelha (partiu de 18¬ļ), o piloto australiano realizou uma corrida fenomenal e bateu Jenson Button perto da meta, assegurando o derradeiro lugar do p√≥dio, na frente do piloto da McLaren.

Quinto posto para Nico Rosberg (Mercedes), que não conseguiu suster os seus mais fortes adversários, batendo no entanto os Ferrari, com Felipe Massa a ficar colocado na sexta posição, na frente de Fernando Alonso. A fechar o top 10 ficaram classificados Michael Schumacher (Mercedes) Vitaly Petrov (Renault) e Kobayashi (Sauber).

Vettel a perder g√°s

Desta feita Vettel não teve uma corrida como tanto gosta, pois não aproveitou o facto de sair da pole -position para se destacar, sendo batido pelos McLaren após a partida, com Nico Rosberg a pressioná-lo fortemente nas voltas iniciais. Os homens da frente foram-se destacando, com o alemão da Mercedes a suster os dois Ferrari atrás de si.

A confusão de Button que se enganou na sua boxe, entrando na da red Bull foi só mais um dos momentos animados duma corrida, que chegou a ser liderada por Rosberg bem na frente de Vettel, Button, Massa e Hamilton. Com as diferentes estratégias, parecia que Vettel teria feito a melhor opção, ao parar apenas duas vezes, pois na sua frente Rosberg e os dois McLaren não tinham margem suficiente para parar pela terceira vez e regressar na frente, mas perto do final da corrida ter melhores pneus foi absolutamente decisivo. A McLaren tinha razão!

Passando a atacar forte, Hamilton suplantou Button, depois Rosberg e Massa e a seis voltas do fim passou a pressionar fortemente Vettel, tentando passá-lo de todas as formas e feitios, até que surpreendeu o alemão, não em travagem, mas em aceleração. A verdade é que a questão não era quando, mas sim onde tal era a diferença de andamento entre ambos nesta fase da corrida.

Paul di Resta chegou a estar perto de voltar a somar pontos, mas a sua boa prestação esfumou-se nas derradeiras voltas, ficando no entanto na frente de Nick Heidfeld, novamente muito apagado. A corrida de Adrian Sutil ficou estragada com o contacto com o Sauber de Sergio Perez, 'momento' que justificou uma penalização para o mexicano. Os Toro Rosso realizaram uma boa qualificação, mas na corrida depressa desapareceram. Na Lotus, Heikki Kovalainen bateu Perez e o Williams de Pastor Maldonado. Os virgin e os HRT ficaram os quatro a duas voltas do vencedor.

No Campeonato, Lewis Hamilton √© agora segundo classificado, a 21 pontos de Vettel, suplantando o seu colega de equipa, Jenson Button. Fernando Alonso, que o ano passado lutou pelo t√≠tulo at√© √† √ļltima corrida, este ano s√≥ 'precisou' de tr√™s Grandes Pr√©mios para distar 42 pontos do l√≠der. Na Renault, Petrov soma mais dois pontos (17) que Heidfeld (15).

Classificação

1.  Hamilton      McLaren-Mercedes           1h36:58.226
2.  Vettel        Red Bull-Renault           a     5.198
3.  Webber        Red Bull-Renault           a     7.555
4.  Button        McLaren-Mercedes           a    10.000
5.  Rosberg       Mercedes                   a    13.448
6.  Massa         Ferrari                    a    15.840
7.  Alonso        Ferrari                    a    30.622
8.  Schumacher    Mercedes                   a    31.206
9.  Petrov        Renault                    a    57.404
10.  Kobayashi     Sauber-Ferrari             a  1:03.273
11.  Di Resta      Force India-Mercedes       a  1:08.757
12.  Heidfeld      Renault                    a  1:12.739
13.  Barrichello   Williams-Cosworth          a  1:30.189
14.  Buemi         Toro Rosso-Ferrari         a  1:30.671
15.  Sutil         Force India-Mercedes       a     1 volta
16.  Kovalainen    Lotus-Renault              a     1 volta
17.  Perez         Sauber-Ferrari             a     1 volta
18.  Maldonado     Williams-Cosworth          a     1 volta
19.  Trulli        Lotus-Renault              a     1 volta
20.  D'Ambrosio    Virgin-Cosworth            a    2 voltas
21.  Glock         Virgin-Cosworth            a    2 voltas
22.  Karthikeyan   HRT-Cosworth               a    2 voltas
23.  Liuzzi        HRT-Cosworth               a    2 voltas

Abandonos

Alguersuari   Toro Rosso-Ferrari           12

Campeonatos

Pilotos

1.  Vettel        68
2.  Hamilton      47
3.  Button        38
4.  Webber        37
5.  Alonso        26
6.  Massa         24
7.  Petrov        17
8.  Heidfeld      15
9.  Rosberg       10     
10.  Kobayashi      7     
11.  Schumacher     6     
12.  Buemi          4     
13.  Di Resta       2     
14.  Sutil          2

Construtores

1.  Red Bull-Renault          105
2.  McLaren-Mercedes           85
3.  Ferrari                    50
4.  Renault                    32
5.  Mercedes                   16
6.  Sauber-Ferrari              7
7.  Toro Rosso-Ferrari          4
8.  Force India-Mercedes        4


Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Shenzhen - Mainland China
  • Mensagens: 5146
  • Fotografo da treta!!!
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: F1 2011
« Responder #102 em: 20 de Abril de 2011, 14:57 pm »
Robert Kubica prestes a ter alta médica



Citação de: Autosport

Robert Kubica est√° prestes a deixar o Hospital Santa Corona di Pietra Ligure, prosseguindo a sua recupera√ß√£o em casa. O piloto polaco, acidentado num rali em It√°lia a 6 de fevereiro, est√° desde esse dia internado, per√≠odo em que foi sujeito a quatro opera√ß√Ķes ao bra√ßo e perna direitos. A data de sa√≠da ainda n√£o est√° confirmada mas de acordo com a TV polaca TVN24, est√° iminente.

O piloto, que sofreu graves les√Ķes e v√°rias fraturas, chegou a arriscar a amputa√ß√£o da m√£o direita mas bem conseguidas interven√ß√Ķes cir√ļrgicas afastaram esse cen√°rio. Agora vai iniciar-se a etapa mais longa deste processo, sendo que o regresso √†s pistas √© ainda incerto. S√≥ mesmo o tempo o dir√°.


Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Shenzhen - Mainland China
  • Mensagens: 5146
  • Fotografo da treta!!!
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: F1 2011
« Responder #103 em: 20 de Abril de 2011, 15:49 pm »
E por fim tomei a liberdade de transcrever o comentário do Sr. Domingos Piedade (presidente do Conselho de Administração do Autódromo do Estoril) presente na Edição da Turbo de Maio de 2011 devido ao teor irónico com que o mesmo faz referencia a Formula 1.

Como é óbvio todos os direitos são dos próprios, tanto do Sr. Domingos Piedade bem como da Revista Turbo.



Citação de:  Domingos Piedade / Turbo

Sebastien Vettel vai ter um "premiozito" por se ter portado bem "down under": O sistema KERS vai estar instalado no seu carro para Sepang e para a China.

Como se n√£o fosse suficiente ter sido o mais r√°pido em todas as sess√Ķes de treinos, ter dado uma banhada logo na largada (sem KERS!!!) do GP, ter ganho com mais de vinte segundos de vantagem e ter liderado todas as voltas menos duas, quando veio trocar de pneus, a Renault, como premio de bom comportamento, d√°-lhe um KERSINHO de 82 cavalos para ele usar nas rectas de Sepang e da China. Na Austr√°lia n√£o foi preciso; √© um circuito citadino com muitas curvas e rails por perto, e o "puto" alem√£o s√≥ tem que dar ao volante e est√° tudo resolvido.

E √© exactamente no dar ao volante que est√° o "bus√≠lis": ent√£o n√£o √© que o Sebastien Vettel amea√ßou a FIA de uma greve se n√£o forem mudadas as regras actuais??? Ent√£o, mas isto n√£o √© cuspir no prato em que come, e bem? N√£o, n√£o √©. Para come√ßar, Sebastien √© um dos poucos actuais pilotos de F1 com instru√ß√£o, como educa√ß√£o, com boas maneiras. Continua a n√£o ter necessidade de um "manager", trata tudo ele pr√≥prio e ainda tem tempo para brincadeiras, para namorar a mi√ļda que conheceu no liceu, para as ac√ß√Ķes de marketing da Red Bull, para instalar o seu domic√≠lio na Su√≠√ßa, para liderar a associa√ß√£o de pilotos, embora n√£o oficialmente, e ainda ganhar um Mundial e umas corriditas de vez em quando... Como ainda lhe sobra algum tempo e o rapaz at√© fala bem Ingl√™s, decidiu dizer ao Charlie Whitting, que podia ser quase av√ī dele, que os volantes actuais dos Formula 1 t√™m demasiados comandos e bot√Ķes que s√≥ serve para atrapalhar e desviar a aten√ß√£o do objectivo principal de cada piloto: guiar o mais r√°pido poss√≠vel e EM SEGURAN√áA.

Oh diabo! Ent√£o o que se passa? Ora bem, o "puto" que at√© p√Ķe os computadores, os i pads, os i phones e todos os outros "ais" a funcionar sem manual de instru√ß√Ķes, n√£o gosta do que tem que fazer durante um Grande Premio. Sen√£o vejam: este ano, os pilotos guiam a 300 por hora, t√™m de comandar o aerof√≥lio traseiro, accionar o KERS, regular a reparti√ß√£o de travagem, rodar o volantezinho para um lado e para o outro, mais meter as mudan√ßas, olhar para o display para controlar as luzinhas das rota√ß√Ķes do motor, monitorizar a regra da direc√ß√£o da prova para as ultrapassagens, mais um bot√£ozinho para a bebida, o outra para a comunica√ß√£o com a boxe, mais uns outros mais ou menos secretos, e... dava muito jeito que olhassem para a pista para acertar na traject√≥ria das curvas e n√£o acertar no companheiro da frente! Para alem disso, h√° ainda o problema relacionado √† estrat√©gia de corrida, agora que as m√ļltiplas paragens na boxe para trocas de pneus parecem estar na ordem do dia.

Alguns acharão que isso é uma brincadeira de meninos. Só que estes não são meninos, nem isto da F1 é uma brincadeira.

Mas, como o Vettel ainda arranjou forma de engolir o pessoal todo, o Adrian Newey, esse mago da engenharia, deu-lhe mais um "sistemazito" para ele se entreter nos próximos Grandes Prémios, com mais um botãozito e uma luzinha de autorização de utilização, com uns 82 cavalinhos para ele usar... se precisar, pois é bem capaz de estar distraído e não se lembrar de que tem mais este acessóriozito e ainda dá mais uma banhada a todos sem usar o KERS.

Kers apostar?



« √öltima modifica√ß√£o: 20 de Abril de 2011, 15:51 pm por Black Phoenix »

Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Shenzhen - Mainland China
  • Mensagens: 5146
  • Fotografo da treta!!!
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: F1 2011
« Responder #104 em: 25 de Maio de 2011, 11:26 am »
Grande Prémio da Turquia

Vitória de Sebastian Vettel em 'dobradinha' Red Bull



Citação de: Autosport

Sebastian Vettel venceu o GP da Turquia, obtendo o terceiro triunfo em quatro corridas. O piloto alem√£o arrancou na frente, e apesar de nunca ter estado muito longe, nunca permitiu veleidades aos seus advers√°rios.

Mark Webber foi segundo, depois de bater Fernando Alonso na batalha pelo segundo lugar, nas √ļltimas voltas da corrida, oferecendo dessa forma uma saborosa dobradinha √† Red Bull Racing. Fernando Alonso foi terceiro, naquele que √© o melhor resultado do ano para a Ferrari, e a primeira vez que um dos seus pilotos chega ao p√≥dio em 2011. Muito boas as lutas em que estiveram envolvidos os homens da McLaren, Mercedes, Felipe Massa e os dois Renault.

Ap√≥s uma corrida cheia de pequenos erros e contratempos, Lewis Hamilton foi apenas quarto. Nico Rosberg foi o espelho da melhoria dos Mercedes, ao obter o quinto posto, enquanto Jenson Button foi sexto. Depois de v√°rias escaramu√ßas, Nick Heidfeld bateu o seu colega Vitaly Petrov na Renault. Boa presta√ß√£o de S√©bastien Buemi, nono com o Toro Rosso-Ferrari. Kamui Kobayashi encerrou os lugares pontu√°veis no Sauber-Ferrari. Felipe Massa e Michael Schumacher n√£o foram al√©m dos 11¬ļ e 12¬ļ lugares.

Classificação:

Classificação:


1.  Vettel        Red Bull-Renault           1h30:17.558
2.  Webber        Red Bull-Renault           a 8.807
3.  Alonso        Ferrari                    a 10.075
4.  Hamilton      McLaren-Mercedes           a 40.232
5.  Rosberg       Mercedes                   a 47.539
6.  Button        McLaren-Mercedes           a 59.431
7.  Heidfeld      Renault                    a 1:00.857
8.  Petrov        Renault                    a 1:08.168
9.  Buemi         Toro Rosso-Ferrari         a 1:09.300
10.  Kobayashi     Sauber-Ferrari             a 1:18.000
11.  Massa         Ferrari                    a 1:19.800
12.  Schumacher    Mercedes                   a 1:25.400
13.  Sutil         Force India-Mercedes       a 1 volta
14.  Perez         Sauber-Ferrari             a 1 volta
15.  Barrichello   Williams-Cosworth          a 1 volta
16.  Alguersuari   Toro Rosso-Ferrari         a 1 volta
17.  Maldonado     Williams-Cosworth          a 1 volta
18.  Trulli        Lotus-Renault              a 1 volta
19.  Kovalainen    Lotus-Renault              a 2 voltas
20.  D'Ambrosio    Virgin-Cosworth            a 2 voltas
21.  Karthikeyan   HRT-Cosworth               a 3 voltas
22.  Liuzzi        HRT-Cosworth               a 5 voltas

Abandonos

Di Resta      Force India-Mercedes         45¬™ volta
Glock         Virgin-Cosworth              N√£o arrancou


Pilotos
1.  Vettel        93 pontos
2.  Hamilton      59
3.  Webber        55
4.  Button        46
5.  Alonso        41
6.  Massa         24
7.  Petrov        21
8.  Heidfeld      21
9.  Rosberg       20     
10.  Kobayashi      8     
11.  Buemi          6     
12.  Schumacher     6     
13.  Sutil          2     
14.  Di Resta       2     

1.  Red Bull-Renault          148 pontos
2.  McLaren-Mercedes          105
3.  Ferrari                    65
4.  Renault                    42
5.  Mercedes                   26
6.  Sauber-Ferrari              8
7.  Toro Rosso-Ferrari          6
8.  Force India-Mercedes        4