Autor Tópico: Binário e Potência  (Lida 30204 vezes)

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13928
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Binário e Potência
« em: 23 de Março de 2011, 16:45 pm »
Binário e potência

Quando se fala de automóveis, falamos inevitavelmente, de binário e de potência (mais a potência). E como muitas vezes este assunto gera algumas "discussões" do tipo "vou mexer no binário mas não toco nos cavalos" ou "não me interessa o binário, eu quero é cavalos com fartura", vamos a factos.

Mas afinal, o que são cada um deles e como estão relacionados?

O Binário
O binário é a força que o motor produz e que permite ao carro acelerar. A aceleração é o incremento da velocidade num determinado espaço de tempo. É a força que se sente a empurrar as nossas costas quando o carro começa a puxar.
Um carro é mais rápido a acelerar, em qualquer mudança, na faixa de rotação em que tem mais binário. Abaixo ou acima dessa rotação a aceleração é inferior.
Imaginemos 2 motores distintos: no 1º, temos 150 Nm disponíveis às 3000rpm; no 2º, temos os mesmos 150 Nm mas às 6000rpm. Apesar de no segundo caso produzir o dobro da potência (a potência é produto do binário pela rotação), o poder de aceleração que vamos sentir nos 2 casos vai ser idêntico, uma vez que o binário é igual (considerando que se usa um escalonamento de caixa idêntico), logo a potência do ponto de vista do condutor é irrelevante. No 1º caso, o carro teria 62,84 cv/3000rpm e no 2º, 125,69 cv/6000rpm. Ou seja, o impulso de aceleração sentido não é a potência que o causa, mas sim o binário.

Teste prático:
Experimentem pôr o vosso carro perto da faixa de rotação em que tem mais binário e acelerem a fundo. De seguida metam-no na faixa de rotação em que tem mais potência e acelerem a fundo. A aceleração é mais forte na faixa de rpm com mais binário, apesar de ter menos potência nesse regime.

O que é necessário para se conseguir a velocidade máxima de um veiculo?
É necessária a conjugação do melhor binário possível aliado à mais alta rotação possível na relação de caixa em que tal é possível conciliar (pode não ser a mudança mais alta). Mais uma vez, se a potência é grande, então é porque temos muito binário e rotação. Não vai ser a potência que nos vai empurrar o carro, mas aquele binário disponível a alta rotação e que nos permite realizar a potência .
Portanto, o binário é o que faz o carro andar, seja depressa ou devagar; a potência é o trabalho realizado.

Gasolina vs Diesel
 
Por outro lado, 2 carros de potência igual não têm, necessariamente, a mesma distribuição das performances nem os mesmos comportamentos, pelas razões atrás referidas. Na maioria dos casos aproximam-se, mas não são iguais, pois podem ter vantagens em regimes de rotação distintos.
Os carros a diesel, por exemplo, têm performances parecidas com os a gasolina de potência semelhante, quando as distribuições de binário e regimes de utilização são completamente diferentes.
Os diesel são menos rotativos, por isso têm de recorrer a caixas mais longas que desmultiplicam muito o binário que chega as rodas. Os a gasolina têm melhor binário a rotações mais altas, o que permite o uso de caixas mais curtas.
Por outro lado os diesel têm muito mais binário que um carro a gasolina, por isso se podem dar ao luxo de ter uma caixa mais longa. Um carro a diesel puxa muito em baixa/média rotação, mas perde em alta porque faz menos rotações. Um motor a gasolina tem menos binário, mas uma faixa de utilização mais ampla.

Em resumo, as principais diferenças são: nas recuperações e ultrapassagens, os diesel são superiores. Nos a gasolina é preciso trabalhar mais com a caixa, mas em performance pura são superiores, porque permitem um maior aproveitamento da caixa e um regime alargado de utilização.

No entanto, não quer dizer que o resultado final seja muito diferente. Se ambos os veículos tiverem a mesma potência máxima, peso, relações de caixa e coeficiente de penetração, o trabalho realizado será idêntico

Por último imaginem o funcionamento de um motor. No momento em que se dá a combustão/explosão é libertada energia. Há uma força, provocada pela expansão dos gases, que empurra o êmbolo fazendo girar a cambota. Essa força é o binário! As vezes que isto acontecer num determinado intervalo de tempo, é potência.

A potência é o trabalho realizado pelo binário.
Agora calculem a potência

Se quiserem calcular a potência que o vosso carro tem a partir de um dado binário e regime, a formula é a seguinte: P= (Binário x rotação)/7160 .

Basta terem a curva de binário ao longo dos diversos regimes para determinarem a curva de potência para esses mesmos regimes.

Nota: o valor 7160 é uma constante para que o resultado deste produto venha em CV.
« Última modificação: 23 de Março de 2011, 16:54 pm por Rui »
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

MRC

  • Visitante
Re: Binário e Potência
« Responder #1 em: 23 de Março de 2011, 16:58 pm »
Ámen Rui! :D

Offline DiogoIglesias

  • 1.5 DCi
  • *
  • Localidade: Évora
  • Mensagens: 656
  • Garagem : Clio Storia Société 1.5 dCi 70 Cv
Re: Binário e Potência
« Responder #2 em: 23 de Março de 2011, 17:14 pm »
Excelente artigo :happy:

Muito bem  :grin:

Offline Lipe

  • Moderadores
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Agualva-Cacém
  • Mensagens: 13316
  • Let's do this!
  • Garagem : Skoda, Yamaha, Seat, Nissan, Volvo
Re: Binário e Potência
« Responder #3 em: 23 de Março de 2011, 17:19 pm »
Rui!

Estás lá!

5 estrelas!  :smiley:

Offline Caçoilauto

  • Moderadores
  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Amadora
  • Utilizador: caçoilauto
  • Mensagens: 6566
  • Tento ser MAster
    • cacoilauto.com
  • Garagem : R9, R21TXI, Espace III,LagIII,v40TD, Astra F
Re: Binário e Potência
« Responder #4 em: 23 de Março de 2011, 17:52 pm »
limpinho  :grin: :grin:

Cinco estrelas Par o Xô Rui

Offline depx

  • 1.6 DCi Bi-Turbo
  • *
  • Localidade: Faro
  • Mensagens: 4354
  • Electrónica é para meninos, aqui usa-se o ouvido!
  • Garagem : muito aço... para mandar enfardar!
Re: Binário e Potência
« Responder #5 em: 24 de Março de 2011, 09:46 am »
Muito boa esta info. :happy:
5 estrelas. :smiley:
Opel Kadett 1.2S - 1983  | Mercedes W123 Limousine 300D - 1977 - aguadar restauro | Sado 550 - 1984 - aguardar restauro

Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Pinhal Novo - Portugal
  • Mensagens: 5145
  • Fotografo da treta!!!
    • MTPhotography
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: Binário e Potência
« Responder #6 em: 24 de Março de 2011, 12:58 pm »
Maneira muito mais facil de entender:

Subviragem é quando bates com o carro de frente no muro...
Sobreviragem é quando bates com o carro de traseira no muro...
Potência/cvs é a velocidade a que bates com o carro no muro...
Binário é até onde consegues levar o muro contigo...

Offline tvaz

  • 1.5 DCi
  • *
  • Localidade: Aveiro
  • Mensagens: 603
  • Garagem : Renault Laguna Break GT Dci 2.0 175cv(200cv 417Nm)
Re: Binário e Potência
« Responder #7 em: 24 de Março de 2011, 14:35 pm »
Informação 5*  :dance:

Offline Lipe

  • Moderadores
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Agualva-Cacém
  • Mensagens: 13316
  • Let's do this!
  • Garagem : Skoda, Yamaha, Seat, Nissan, Volvo
Re: Binário e Potência
« Responder #8 em: 24 de Março de 2011, 18:38 pm »
Maneira muito mais facil de entender:

Subviragem é quando bates com o carro de frente no muro...
Sobreviragem é quando bates com o carro de traseira no muro...
Potência/cvs é a velocidade a que bates com o carro no muro...
Binário é até onde consegues levar o muro contigo...

Tiveste bem!  :laugh:

Offline BOk

  • 0.9 TCe
  • *
  • Localidade: Na faixa mais á esquerda!
  • Mensagens: 193
  • ストリート
  • Garagem : Honda Civic EK4-T Hatch
Re: Binário e Potência
« Responder #9 em: 08 de Maio de 2012, 13:49 pm »
Muito bom este tópico, sabia assim por alto o que era o binário e a potência, com a ajuda deste tópico fiquei mais esclarecido! Muito obrigado!  :happy:

Offline Ferrer

  • 1.0 SCe
  • *
  • Localidade: Leiria
  • Mensagens: 3
  • Garagem : Express
Re: Binário e Potência
« Responder #10 em: 23 de Abril de 2013, 18:43 pm »
Boa explicação sobre esta matéria.

No entanto tenho uma observação. Se a melhor aceleração é conseguida num regime em que o binário é mais elevado, então porque é que, por exemplo para se chegar dos 0 aos 100 km/h se consegue melhores resultado utilizando a rotação onde a potência é mais elevada e não onde o binário é mais alto? Isto é especialmente verdade num turbo diesel, onde o melhor binário é por volta das 2000 rpm, e a melhor potência por volta das 4000 rpm.

Offline Dom

  • 2.0 TCe
  • *
  • Utilizador: Z1gZa
  • Mensagens: 5313
  • Got to love corners
  • Garagem : Clio III 1.5dCi 85cv
Re: Binário e Potência
« Responder #11 em: 24 de Abril de 2013, 08:47 am »
Depende dos carros. Há dieseis que a 4000 já só vão a moer material lool
Mesmo assim, nas rotações altas que falas nos dieseis, o binário não é inexistente mas sim mais fraco e a troca de velocidade é tempo que se perde, certo? Isto sou eu a especular.

Offline Blurr

  • 1.6 DCi Bi-Turbo
  • *
  • Localidade: Ponta Delgada
  • Mensagens: 2826
  • Garagem:Clio 2 1.2 RT 98 + Clio 2 1.5dci 80cv 2004
Re: Binário e Potência
« Responder #12 em: 24 de Abril de 2013, 10:50 am »
Na aceleração temos de ter em conta a faixa de rotação ideal. Num diesel a melhor forma é levar até perto das 3500/4000 e depois mudar de mudança pois a rotação irá cair para os valores ideais com mais binário...

Offline sykios

  • 1.5 DCi
  • *
  • Localidade: Mafra
  • Mensagens: 371
Re: Binário e Potência
« Responder #13 em: 24 de Abril de 2013, 11:42 am »
Exactamente de acordo contigo  :cool:

Offline angelocampia

  • 1.5 DCi
  • *
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens: 701
  • Garagem : Renault Laguna II 1.9 dCi @150cv Privilege
Re: Binário e Potência
« Responder #14 em: 24 de Abril de 2013, 18:58 pm »
Na aceleração temos de ter em conta a faixa de rotação ideal. Num diesel a melhor forma é levar até perto das 3500/4000 e depois mudar de mudança pois a rotação irá cair para os valores ideais com mais binário...

Eu eu que mudo logo para uma mudança acima mal ande nas 1500/2000rpms, deve ser um defeito meu que não gosto de ouvir os carros a "ganirem muito"...