Autor Tópico: Binário e Potência  (Lida 25067 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Dom

  • 2.0 TCe
  • *
  • Utilizador: Z1gZa
  • Mensagens: 5310
  • Got to love corners
  • Garagem : Clio III 1.5dCi 85cv
Re: Binário e Potência
« Responder #15 em: 24 de Abril de 2013, 19:07 pm »
Isso é condução económica.

Offline Blurr

  • 1.6 DCi Bi-Turbo
  • *
  • Localidade: Ponta Delgada
  • Mensagens: 2824
  • Garagem:Clio 2 1.2 RT 98 + Clio 2 1.5dci 80cv 2004
Re: Binário e Potência
« Responder #16 em: 24 de Abril de 2013, 20:02 pm »
Claro... E assim se deve conduzir para poupar motor e consumos baixos.. Se queres andar rápido é que subimos a faixa de rotação...

Offline Sls a GPL

  • Moderadores
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Utilizador: sls
  • Mensagens: 13470
  • Garagem : Renault Clio II 1.2 16v
Re: Binário e Potência
« Responder #17 em: 24 de Abril de 2013, 20:42 pm »
O recomendado pela renault para uma condução mais ecologica é o seguinte :
Citação de: MyRenault.pt
1 - Optimize as mudanças de velocidade
- Reduza para 1200 rpm, aproximadamente
- Passe para a velocidade superior antes das 2000 rpm

A 50 km/h, já deverá estar em 4.ª ou em 5.ª.

2 - Opte por uma condução suave
- Mantenha uma velocidade regular a partir dos 40 km/h
- Prefira o travão-motor em vez do pedal de travão

Antecipe-se! Levante o pé do acelerador mais de 50 m antes de um semáforo vermelho.

3 - Controle as acelerações e a velocidade
- Acima de 40 km/h, modere as acelerações
- Acima de 40 km/h, limite as mudanças de velocidade

Ao arrancar, mude rapidamente de velocidade até à 4.ª e estabilize a velocidade logo que possível.

Isto é a recomendação para um carro a gasolina, não sei se é o mesmo para os diesel.
Mas uma coisa que temos que ter em atenção, os nossos carros não são carros de corrida, e se tivermos uma condução à bruta, e a fazer acelerações à parva, a esticar as mudanças até ao red line , e etc (estou a exagerar, eu sei  :tongue:), depois o resto do material é que sofre, e depois não se venham queixar, que ficam sem embraiagem, que as transmissões ficam cheias de folga, ou partem, que os bi-massa são um balúrdio, etc
« Última modificação: 24 de Abril de 2013, 20:47 pm por rodinhas »

Offline carlosjcm

  • 3.8 V6 TwinTurbo
  • *
  • Localidade: viseu
  • Mensagens: 8968
  • Garagem : Clio II 1.2 / Clio III 1.2 / GT Line 1.5dci
Re: Binário e Potência
« Responder #18 em: 24 de Abril de 2013, 20:45 pm »
"A 50 km/h, já deverá estar em 4.ª ou em 5.ª." Fazer isto num clio III 1.2 75cv, sujeitaste a soluços lol

Offline Dom

  • 2.0 TCe
  • *
  • Utilizador: Z1gZa
  • Mensagens: 5310
  • Got to love corners
  • Garagem : Clio III 1.5dCi 85cv
Re: Binário e Potência
« Responder #19 em: 24 de Abril de 2013, 21:01 pm »
Num Clio III dCi 86 também é complicado. Vai a esforçar o motor sem necessidade alguma.

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13919
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: Binário e Potência
« Responder #20 em: 24 de Abril de 2013, 21:12 pm »
Para uma condução económica o principal é fazer as trocas de mudança de forma a não fugir muito aos regimes em que o binário é de pelo menos 70% do seu valor máximo. Ora isso depende em muito da curva de binário do motor e das relações de caixa.
O que é comum para um diesel é trocar de caixa quando se ultrapassam as 2000 rpm. Para um motor a gasolina o mesmo é válido ás 3000 rpm.
Não adianta trocar de mudança antes destes regimes pois o mais natural é a rotação do motor cair para um valor em que o binário é baixo e em consequência disso acaba por consumir mais.
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Sls a GPL

  • Moderadores
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Utilizador: sls
  • Mensagens: 13470
  • Garagem : Renault Clio II 1.2 16v
Re: Binário e Potência
« Responder #21 em: 24 de Abril de 2013, 21:24 pm »
Eu consigo fazer isso no meu  :laugh: atenção que aquilo é a recomendação da MyRenault.pt, e esse texto é capaz de ser generalista, e não especifico  para todos os modelos.
Eu já experimentei e coloco a 5 quando estou a chegar aos 50 km/h e não sinto problemas nenhuns, tens é que fazer trocas de mudanças rápidas sem esticares muito o motor.
E depois consegues manter na casa dos 50 sem acelerares quase nada, mas depois se quiseres subir para cima dos 50 rapidamente, tens que reduzir para quarta, mas se quiseres trabalhar para a média e cumprir com os limites, deixas-te estar na quinta e vais acelerando progressivamente que ele aguenta-se muito bem. ;)

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13919
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: Binário e Potência
« Responder #22 em: 24 de Abril de 2013, 21:28 pm »
Regra nº 1 da condução económica:

- Não usar o carro.

Posso "fechar o tópico"? :laugh:
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Ferrer

  • 1.0 SCe
  • *
  • Localidade: Leiria
  • Mensagens: 3
  • Garagem : Express
Re: Binário e Potência
« Responder #23 em: 25 de Dezembro de 2013, 14:17 pm »
A explicação sobre binária e potência está correcta com excepção da explicação de quando o carro é mais rápido a acelerar:
 Um carro é mais rápido a acelerar, em qualquer mudança, na faixa de rotação em que tem mais  potência e não mais binário.
O exemplo dos 2 motores distintos: no 1º, temos 150 Nm disponíveis às 3000rpm; no 2º, temos os mesmos 150 Nm mas às 6000rpm.
O 2º é mais rápido a acelerar porque consegue mais potência.

No momento em que se dá a combustão/explosão é libertada energia. Há uma força, provocada pela expansão dos gases, que empurra o êmbolo fazendo girar a cambota. Essa força é o binário! As vezes que isto acontecer num determinado intervalo de tempo, é potência.
Logo a acelaração é superior no 2º motor porque existem o dobro das explosões, cada uma produz a mesma força(150Nm). Logo o resultado conseguido é logicamente superior.

Utilizando o exemplo anterior a energia libertada pela combustão/explosão produz uma força de 150 Nm vezes 3000 = trabalho total conseguindo ou potência, neste caso 62.8 CV. No 2º motor, se produz a mesma força(150Nm) mas 6000 vezes, o trabalho conseguido é o dobro ou seja 125,7CV.

Imagine que vai no seu carro a diesel a 80 Km/h em 5ª, e a cerca de 2000 rpm, que é mais ou menos a rotação em que o seu carro tem maior binário.  E agora quer aumentar o mais rápidamente possivel a velocidade até aos 120 km/h. Conte quantos segundos demora. Agora faça o mesmo mas na 4ª mudança, e verá que foi mais rápido até aos 120 km/h, embora o motor tenha trabalhado em rotações mais elevadas onde o binário é mais baixo. No entanto conseguiu uma acelaração superior porque feitas as contas a potência disponivel era superior neste caso.

Por isso maior potência equivale a maior acelaração. E não apenas maior binário maior aceleração.

Offline MaNeL

  • Initiale Paris
  • 1.6 DCi Bi-Turbo
  • *
  • Localidade: Viana do Castelo
  • Mensagens: 2519
  • Garagem : Clio E7F 94 - Clio mk3 dci 70cv - Laguna 2.0dci 07
Re: Binário e Potência
« Responder #24 em: 25 de Dezembro de 2013, 18:25 pm »
esse exemplo da comparação da 4ª e da 5ª, não faz sentido... pelo simples motivo em que a desmultiplicações da caixa vão ser diferentes consoante a mudança. pegando no seu exemplo:
o carro em 5ª as 2000rpm está na faixa de maior binário naquela mudança. porem se você colocar 4ª devido à desmultiplicação da caixa, apesar de ir por exemplo às 3000rpm, o binário que o carro consegue colocar no chão é maior.
daí haver a distinção entre os cálculos da potencia do motor e os cálculos da potencia à roda.
por isso é que o motor desenvolve muito mais rápido em 2ª do que em 6ª.

Offline Blurr

  • 1.6 DCi Bi-Turbo
  • *
  • Localidade: Ponta Delgada
  • Mensagens: 2824
  • Garagem:Clio 2 1.2 RT 98 + Clio 2 1.5dci 80cv 2004
Re: Binário e Potência
« Responder #25 em: 25 de Dezembro de 2013, 21:44 pm »
Não leves a mal mas é uma prática que não gosto.. Rotações muito baixas criam muita vibração nos motores Diesel. Hoje em dia com motores mais equilibrados e apoios de motor mais competentes não se nota tanto mas antigamente eles tremiam como varas verdes...

Offline mariocruz1972

  • 1.0 SCe
  • *
  • Localidade: almada
  • Mensagens: 4
Re: Binário e Potência
« Responder #26 em: 17 de Abril de 2014, 23:39 pm »
trocar a mudança às 3500/4000 rpm? a essa rotação é para estragra material...a troca faz-se por volta do binario máximo...2000 rpm..digo eu

Xmarine

  • Visitante
Re: Binário e Potência
« Responder #27 em: 18 de Abril de 2014, 20:49 pm »
O meu dci troca sempre as 4500. Quando partir algum barulho ha-de fazer :laugh:

mas em quase 300mil km desta condução ainda não partiu nada no motor :D

Offline Blurr

  • 1.6 DCi Bi-Turbo
  • *
  • Localidade: Ponta Delgada
  • Mensagens: 2824
  • Garagem:Clio 2 1.2 RT 98 + Clio 2 1.5dci 80cv 2004
Re: Binário e Potência
« Responder #28 em: 22 de Abril de 2014, 14:43 pm »
Igualmente... e a principio era como o Xmarine.. Agora é que ando mais calmo...

Offline F-Andrade

  • 1.0 SCe
  • *
  • Mensagens: 14
Re: Binário e Potência
« Responder #29 em: 22 de Julho de 2016, 22:37 pm »
Excelente tópico :clapclap:. Também eu, em tempos, me dei ao trabalho de estudar este assunto.

De facto, noto que as pessoas ligam muito mais à potência e esquecem-se do binário, a tal força instantânea do motor, totalmente responsável ao (bom) arranque e ao desenvolvimento da marcha.
Renault Captur 0.90 Tce