Autor Tópico: Marca Renault – a História  (Lida 14199 vezes)

Offline gclio

  • 1.6 TCe
  • *
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens: 1869
  • Garagem : Clio II Fase II Expression 1.2 75cv 16v 2003
Marca Renault – a História
« em: 02 de Agosto de 2011, 19:03 pm »
Olá,
Decidi tentar saber mais alguma coisa sobre a marca, e após ter pesquisado no fórum, fui fazer uma pesquisa mais além, e venho partilhar o que encontrei, dando a conhecer um pouco mais sobre a Renault e as suas origens e evolução.

A Renault teve origem num primeiro automóvel construído no quintal da casa da mãe de Louis Renault com 21 anos.
Em 24 de Dezembro de 1898, os amigos de Louis desafiaram-no a subir a Rua Lepic, a mais íngreme de Paris, dirigindo o Voiturette, o carro que ele construiu. Com sucesso subiu a dita rua, e no mesmo local, recebe as primeiras 12 encomendas.


(Louis Renault em 1903, com um Renault Voiturette)

Em 25 de Fevereiro de 1899 por Louis, Marcel e Fernand Renault, com a ajuda dos seus amigos Thomas Evert e Julian Wyer, pioneiros da indústria automóvel e introdutores do taylorismo (forma de organização de trabalho na França), abrem uma fábrica na Avenida Du Cours em Boulogne-Billancourt com o nome de Renault-Frères.
 
(Primeira fábrica da Renault)


(Folheto de publicidade da época)

Nesse mesmo ano apresentam já no Salão Automóvel de Paris a nova empresa e dois modelos: o Type A e B. Ambos com motores de 450 cc, e já nesse ano foram produzidos 76 veículos.
O primeiro logótipo surge assim em 1900, composto por dois ‘R’, em homenagem aos irmãos.
Em 1901, a empresa apresenta mais dois modelos: D e E, além de inaugurar mais uma fábrica nova na Bélgica.
Os irmãos rapidamente se aperceberam que poderiam expandir e crescer, fazendo publicidade também em competições de automóveis. Perante tal facto, e após empenho, obtiveram enorme sucesso e reconhecimento nas corridas de cidade a cidade, na França. Apenas os irmãos Louis e Marcel competiram com modelos próprios.
Em 1902, constroem o primeiro motor próprio, o que os leva a ganhar a primeira corrida fora de França, entre França e Áustria, e para além disso, conseguem a primeira patente para um motor turbinado.
Contudo, em 1903, Marcel com 31 anos, morre num acidente de carro durante uma das corridas cidade a cidade, entre Paris e Madrid.


(Marcel Renault antes do acidente)


(Acidente que vitimou Marcel Renault)
Nesta mesma corrida, morreram mais 15 pilotos, o que levou a que a corrida fosse cancelada.
Após esta corrida, Louis Renault deixou de entrar nas corridas, apesar de a empresa continuar envolvida, mas com novos pilotos. Este envolvimento valeu a vitória no primeiro Grande Prémio (Grand Prix), com um Renault AK 90, em 1906.
Em 1909, morre Fernand Renault, com 46 anos, em casa, com problemas digestivos. A partir daqui, Louis fica com o controlo total da empresa, mudando o nome da empresa de Renault Fréres para apenas Renault.
Na 1ª Guerra Mundial (1914-1918), a Renault apoiou as foças aliadas, fabricando munições militares e veículos, como o tanque de guerra Renault FT-17.


(Tanque FT-17, em Setembro de 1918, das tropas americanas)

Foi aqui que começou também a desenvolver veículos especiais para táxi.

(Táxi Renault em Londres)

Após a guerra, a empresa cresceu muito rapidamente, e em 1918, ouve uma ampliação da fábrica, em Billancourt, onde Louis Renault ficou apenas com 85 % das acções da empresa, devido ao investimento efectuado.
Também neste período entre guerras mundiais, Louis decidiu iniciar o fabrico de máquinas agrícolas e industriais.
Todos estes factores levou a que gera-se uma enorme quantidade de encomendas, e consequentemente, falta de stock e de empregados para dar vazão. Foi então que em 1920, Louis Renault faz um acordo com Louis Gustave Gueudet, um empresário rico, que veio ajudar, principalmente na distribuição pelo país.
Aqui a empresa cresceu a produção, passando atingir records, para a época, de 45 809 unidades de sete modelosde automóveis: 6 cavalos, 10 cavalos, Monasix, 15 cavalos, Vivasix, 18 a 24 cavalos e 40 cavalos.
O logótipo da marca sofre também uma alteração, em 1925, para sugerir sofisticação e prestígio, consistindo num losango, semelhante ao formato de um diamante.
Em 1928, a Renault começa a exportar para o Reino Unido, diminuindo as exportações, já existentes, para a América, devido ao elevado custo de exportação e baixo volume de vendas em relação às marcas americanas.
Durante a 2ª Guerra Mundial, o exército alemão invadiu a França, apropriando-se das fábricas de Louis Renault, e com a ajuda de Daimler-Benz, os alemães começaram a produção de veículos militares para a Alemanha nazista. Por este motivo, o exército inglês bombardeou a fábrica da Renault em Billancourt.



(Destruição da fábrica)

Após a derrota alemã, Louis Renault foi preso durante a libertaçãoda França em 1944, por “manter relações comerciais com inimigos” e acabou por morrer na prisão, aos 67 anos, antes de preparar a sua defesa.

(Louis Renault fotografado com Hitler)

Tudo o que possuía foi confiscado pelo governo, tornando-se a Renault uma empresa pública, conhecida como a Régie Renault.
Após a nacionalização, a Renault lançou o modelo de 4 cavalos como motor na parte traseira que competiu com modelos de maior sucesso na época, como Morris minor e Volkswagen Fusca. Foram vendidas meio milhão de unidades até 1961.
O modelo 4 cavalos, usado em competições para promoção do carro, venceu duas vezes a corrida 24 Hors ‘Le Mans’.
De seguida a este modelo, veio o Renault Dauphine, que também obteve grande sucesso na Europa, África, América do Norte. Em conjunto com este modelo, apareceram também o Renault 4 e o Renault 8.
Victor Vasarely, um conhecido pintor e escultor, cria um símbolo mais moderno da Renaut, também em forma de losango, em 1972.
Neste mesmo ano, é lançado o Renault 5, um carro popular’ na tentiva de sobreviver à crise do petróleo. Com este modelo , a Renault venceu bastantes rallys.
Entre 1979 e 1987, a Renault foi adquirindo a maioria das acções da American Motors Corporation (AMC), que foi vendida á Chrysler em Março de 1987. Neste mesmo período, a privatização da marca Renault foi negada pelo governo, mas em 1996, foi parcialmente privatizada.
Em 1999 a Renault adquire a fabrincante Romena Dacia e estabelece um acordo com a japonesa Nissan. O acordo feito com a Nissan foi devido à execução de um plano de recuperação da Nissan (NRP), que se encontrava à beira da falência e com grandes prejuízos. Este acordo dá origem ao quarto maior grupo mundial de construção de automóveis, com uma produção anual de aproximadamente de 5 milhões de veículos e 265 000 trabalhadores.
Em 2 de Janeiro de 2001, a Renault vende a subdivisão de veículos industriais para a Volvo, a qual adquire o nome de Renault Camiões em 2002.
Em finais de 2004, as antigas instalações da primeira fábrica Renault, destruída na segunda guerra mundial, são reconstruídas e transformadas em um museu.
Contudo a fábrica continua em Bollogne-Billancourt.
Em Fevereiro de 2011, num canteiro de obras nas instalações da primeira fábrica fora encontrada uma bomba da segunda guerra mundial ainda activa.


(Bomba encontrada em Fevereiro de 2011)

Um breve resumo da evolução do símbolo da Renault:



Fontes:
- http://cliqueautomotivo.com.br/curiosidades/significado-logotipos-automotivos.htm
- http://www.driveinside.com/car/renault-india/34/
- http://autopecastunicar.blogspot.com/2011/02/historia-da-renault.html
- http://www.nissan.pt/PT/pt/inside-nissan/corporate/history.html
- http://query.nytimes.com/mem/archive-free/pdf?res=F70F13FC3A5512738DDDAD0A94DB405B898CF1D3
- http://www.forum-auto.com/automobile-pratique/discussions-libres/sujet196456.htm
- http://pt.wikipedia.org/wiki/Victor_Vasarely
- http://pt.wikipedia.org/wiki/Louis_Renault_(industrial)
- http://pt.wikipedia.org/wiki/Renault
- http://pt.wikipedia.org/wiki/Nissan
- http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/02/bomba-da-segunda-guerra-mundial-e-encontrada-na-franca.html
« Última modificação: 02 de Agosto de 2011, 19:19 pm por gclio »
[img width= height=]http://img94.imageshack.us/img94/239/manel2.jpg[/img]
                 Podia viver sem o meu menino..podia! Mas não era o mesmo ronco!

Offline leandro

  • Renault Megane II
  • Initiale Paris
  • 1.6 TCe
  • *
  • Localidade: V.N.Gaia
  • Mensagens: 2333
  • Renault Megane II
  • Garagem : Renault Megane II 1.5Dci / Renault Captur 0.9Tce
Re: Marca Renault – a História
« Responder #1 em: 02 de Agosto de 2011, 19:06 pm »
 :clapclap: :clapclap: :clapclap: :clapclap: :clapclap:
Renault Megane II - 1.5 Dci 80 póneis cansadinhos - 05/2003

Offline JoaoRobalo

  • 1.5 DCi
  • *
  • Localidade: Rio de Mouro Sintra
  • Mensagens: 567
    • Rallyeair
Re: Marca Renault – a História
« Responder #2 em: 02 de Agosto de 2011, 19:17 pm »
Um mini documentário,os meus parabéns está resumido a obra da Renault .

Xmarine

  • Visitante
Re: Marca Renault – a História
« Responder #3 em: 02 de Agosto de 2011, 19:28 pm »
Muito bem mesmo. Parabens

Agora é continuar. Falar da história de motores. História na competição, ralis, F1, etc. Pilotos emblematicos.....


Offline Artur

  • Louis Renault
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Odivelas
  • Mensagens: 16086
Re: Marca Renault – a História
« Responder #4 em: 02 de Agosto de 2011, 19:30 pm »
parabens pelo trabalho :)

Offline rodrigopt

  • Initiale Paris
  • 1.6 DCi Bi-Turbo
  • *
  • Localidade: Lisbon
  • Mensagens: 4828
Re: Marca Renault – a História
« Responder #5 em: 02 de Agosto de 2011, 19:44 pm »
Muito Bom!! :happy:

Offline thegt4man

  • 1.6 DCi
  • *
  • Localidade: Los Angeles - Felgueiras
  • Mensagens: 1031
  • Garagem : E39 M5 (US)
Re: Marca Renault – a História
« Responder #6 em: 02 de Agosto de 2011, 19:46 pm »
Excelente texto gclio   :happy: :happy: :happy: :happy:
YOU HAVE ONE LIFE. GO LIVE IT!

Offline Lipe

  • Moderadores
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Agualva-Cacém
  • Mensagens: 13316
  • Let's do this!
  • Garagem : Skoda, Yamaha, Seat, Nissan, Volvo
Re: Marca Renault – a História
« Responder #7 em: 02 de Agosto de 2011, 20:06 pm »
Eh pah.

Muito bom.

Obrigado pelo trabalho e partilha :)

Offline Gonçalo

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Castelo Branco
  • Utilizador: Coolwater
  • Mensagens: 13393
  • Jean Pierre, tu vás tomber!
  • Garagem : Aixam Vision
Re: Marca Renault – a História
« Responder #8 em: 02 de Agosto de 2011, 20:08 pm »
Excelente! Parabens e obrigado! :)
Vais partir, naquela estrada, onde um dia chegaste a sorrir...

Offline gclio

  • 1.6 TCe
  • *
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens: 1869
  • Garagem : Clio II Fase II Expression 1.2 75cv 16v 2003
Re: Marca Renault – a História
« Responder #9 em: 02 de Agosto de 2011, 21:09 pm »
Muito Obrigada  :wink:
Achei bastante interessante saber um pouco mais.
Nem fazia a minima idéia de como tinha surgido e chegado até hoje..

Muito bem mesmo. Parabens
Agora é continuar. Falar da história de motores. História na competição, ralis, F1, etc. Pilotos emblematicos.....
Boa sugestão ;)
Serão os próximos passos a investigar  :grin:
[img width= height=]http://img94.imageshack.us/img94/239/manel2.jpg[/img]
                 Podia viver sem o meu menino..podia! Mas não era o mesmo ronco!

Offline scenick

  • Initiale Paris
  • 1.6 DCi Bi-Turbo
  • *
  • Mensagens: 2706
Re: Marca Renault – a História
« Responder #10 em: 02 de Agosto de 2011, 21:28 pm »
Boa continuação  :happy:

Offline carlosjcm

  • 3.8 V6 TwinTurbo
  • *
  • Localidade: viseu
  • Mensagens: 8994
  • Garagem : Clio II 1.2 / Clio III 1.2 / GT Line 1.5dci
Re: Marca Renault – a História
« Responder #11 em: 02 de Agosto de 2011, 22:18 pm »
Muitos parabéns pelo texto e boa continuação. :happy:

Offline Rui

  • Administrator
  • 1.6 V6 Turbo Energy F1
  • *
  • Localidade: Alverca
  • Utilizador: Rui_N
  • Mensagens: 13926
  • Garagem : Megane III Sport Tourer 1.5 dCi
Re: Marca Renault – a História
« Responder #12 em: 02 de Agosto de 2011, 23:17 pm »
Muito bom. Parabéns pelo tópico. :smiley:
A Sucata consome isto:  Spritmonitor.de" border="0 :laugh:

Offline Black Phoenix

  • 2.0 TCe
  • *
  • Localidade: Pinhal Novo - Portugal
  • Mensagens: 5145
  • Fotografo da treta!!!
    • MTPhotography
  • Garagem : Renault Clio Sport Tourer 1.5dCi 78kW
Re: Marca Renault – a História
« Responder #13 em: 02 de Agosto de 2011, 23:23 pm »
Excelente, conseguiste combinar ambas as coisas, Imagens com Texto. Muito tempo está ai investido. Os meus parabens por essa dedicação a marca! :smiley:

Offline Amilcar Rocha

  • Laguna 1.6 16V
  • 1.6 DCi
  • *
  • Localidade: Odivelas
  • Mensagens: 867
  • Be cool :)
  • Garagem : Laguna I PHII 1.6 16V
Re: Marca Renault – a História
« Responder #14 em: 03 de Agosto de 2011, 00:06 am »
Muito bom mesmo, aumentaste o conhecimento do pessoal sobre a marca.  :wink: